Analfabetismo em Angola caiu para 33%, diz governo

Luanda, 08 Set (Lusa) - A taxa de analfabetismo em Angola caiu de 65% para 33% em quatro anos, o que permite acreditar que o problema poderá ser erradicado antes de 2015, afirmou nesta sexta-feira a Luísa Grilo, diretora nacional do Ensino Geral, do Ministério angolano da Educação.

"A taxa de analfabetismo está hoje fixada em 33%, entre analfabetos funcionais e regressivos", disse.

Luísa Grilo, que falava aos jornalistas por ocasião das comemorações do Dia Internacional de Combate ao Analfabetismo, que se assinala nesta sexta-feira, considerou que as melhorias registradas no país permitem pensar que o problema poderá ser erradicado nos próximos anos.

2015

"Se tivermos em conta os investimentos feitos na educação desde abril de 2002, altura em que chegou a paz, podemos acreditar que conseguiremos erradicar o analfabetismo antes de 2015", afirmou, mencionando o ano em que os países da ONU se comprometeram a cumprir uma série de metas socioeconômicas.

Luísa Grilo frisou que "a nova estratégia de relançamento da alfabetização e de recuperação do atraso escolar está delineada em função de metas a cumprir até 2015".

A diretora nacional do Ensino Geral defendeu, no entanto, a "necessidade imediata de fazer um levantamento concreto que permita saber exatamente quantos analfabetos existem em Angola", salientando que a atual taxa de analfabetismo resulta de uma estimativa baseada nos dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos