Presidente luso promete combater baixo crescimento econômico

Setúbal, 10 Jun (Lusa) - O presidente português, Aníbal Cavaco Silva, insistiu neste domingo, em que se comemora o Dia de Portugal, no apelo ao inconformismo e prometeu, ele próprio, não se resignar às dificuldades do país e "aos fracos níveis de crescimento econômico".

"Não me resigno", repetiu Cavaco Silva na cerimônia solene do Dia de Portugal, em Setúbal, no edifício do Porto de Setúbal, perante uma platéia de centenas de pessoas, e a poucos metros, no palco, do primeiro-ministro lusa, José Sócrates.

"Tenho repetido várias vezes que não me resigno à passividade perante os indicadores persistentes do nosso atraso em relação aos parceiros europeus", afirmou.

"Não me resigno aos fracos níveis de crescimento econômico, ao abandono escolar preocupante, à pobreza e exclusão social de tantas famílias, à escassa dimensão das componentes científica e tecnológica do aparelho produtivo", disse Cavaco Silva.

O presidente português mostrou preocupação também com os "sinais de degradação do ambiente, patrimônio cultural".

Há um ano, nas comemorações de 2006, no Porto, Cavaco Silva pediu aos portugueses para não se resignarem às dificuldades porque "seria indigno" do passado de Portugal, "um desperdício" do presente e "o adiar" do futuro.

Nas comemorações de 2007 do Dia de Portugal, Cavaco defendeu que data não se deve assinalar "de um modo passadista", afirmando que a História "pode e deve ser uma fonte de inspiração e de confiança", dado que os portugueses conseguiram sempre ultrapassar dificuldades e "crises".

"Não podemos nos entregar ao sentimento derrotista que há mais de um século vem sendo tão frequente entre nós. A desistência nunca foi solução. Nem a nível individual nem a nível colectivo", continuou o presidente.

A poucas semanas de Portugal assumir a presidência portuguesa da União Européia (UE), em 1 de julho, o presidente luso afirmou que a responsabilidade é "pesada e exigente" e que se exige "dignidade, rigor e competência".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos