Presidente timorense tenta acordo com líderes partidários

Dare, Timor Leste, 19 Jul (Lusa) - O presidente e o primeiro-ministro de Timor Leste se reuniram nesta quinta-feira com os principais líderes partidários na localidade de Dare, próxima de Díli, para discutir o atual impasse quanto à formação de um novo governo.

A reunião, que acontece a portas fechadas, foi convocada pelo chefe de Estado timorense, José Ramos Horta, e conta com as presenças do primeiro-ministro, Estanislau da Silva, e dos líderes de todos os partidos que elegeram deputados nas legislativas de 30 de junho.

Entre os líderes presentes ao encontro estão o presidente do Parlamento, Francisco Guterres, o Lu Olo, e o ex-primeiro ministro Mari Alkatiri, ambos do partido situacionista Frente Revolucionária do Timor Leste Independente (Fretilin), e o ex-presidente Xanana Gusmão, do Congresso Nacional da Reconstrução do Timor Leste (CNRT).

A nova crise política em Timor Leste surgiu na seqüência das eleições legislativas, em que a Fretilin, partido histórico e que governou o país nos primeiros cinco anos de independência, derrotou o CNRT, sem maioria absoluta.

Na votação, a Fretilin obteve 29% dos votos, 5š% a mais que o CNRT, partido criado em abril e que assinou com três outras forças políticas de oposição um acordo parlamentar e de governança que deu a essa aliança a maioria no Parlamento.

O partido de Lu Olo e de Alkatiri reagiu e reivindicou a tarefa de formar governo, tendo em conta a vitória nas legislativas, embora no parlamento, de 65 lugares, não detenha a maioria, uma vez que, além dos 21 deputados que elegeu, conta apenas com o apoio da Aliança Democrática (AD), que conquistou dois parlamentares.

Já o CNRT elegeu 18 e conta com o apoio da coligação ASDT/PSD, com 11 deputados, e do Partido Democrático (PD), com oito. Somadas as forças dos partidos, eles chegam a 37 deputados e à maioria absoluta no Parlamento.

O CNRT conta ainda com o apoio "informal" do Partido da Unidade Nacional (PUN), que elegeu três deputados. A Undertim que obteve dois assentos, ainda não definiu quem apoiará.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos