Maddie pode ter morrido em acidente no quarto, diz jornal

Lisboa, 06 Ago (Lusa) - A garota britânica Madeleine McCann pode ter morrido em decorrência de um acidente no quarto do resort onde estava hospedada com os pais e os irmãos, na região do Algarve (sul de Portugal), afirma o Jornal de Notícias na edição desta segunda-feira.

De acordo com o diário, foram encontrados vestígios de sangue de uma pessoa morta, possivelmente de Madeleine, numa parede do quarto ocupado pelo casal McCann, no apartamento de onde a menina desapareceu em 3 de maio.

Segundo a publicação, o fato indica a provável morte da criança dentro do quarto, mas os investigadores não têm certeza de que ela tenha sido assassinada, apesar de elementos recolhidos pelos peritos forenses indicarem que alguém tentou limpar os vestígios no local.

Os novos indícios podem levar a Polícia Judiciária (PJ, polícia civil ligada ao Ministério da Justiça) a interrogar novamente família e amigos da menina desaparecida, informou o jornal.

A PJ encerrou no domingo as buscas na propriedade de Robert Murat, o único indiciado no caso do desaparecimento de Madeleine McCann, disse uma fonte da polícia à Agência Lusa. Os trabalhos levaram dois dias. Durante as buscas os agentes policiais utilizaram um cão farejador de raça Border Collie.

A Polícia Judiciária se recusou a revelar os resultados das buscas, confirmando que o número de agentes envolvidos foi aumentando ao longo dos trabalhos. Murat e o seu advogado, Francisco Pagarete, acompanharam as diligências da PJ.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos