Referendo para Tratado na Irlanda será no primeiro semestre

Dublin, 12 fev (Lusa) - O referendo na Irlanda ao Tratado reformador da União Européia (UE) será realizado entre o fim de maio e meados de junho, anunciou o primeiro-ministro irlandês, Bertie Ahern.

"Salvo alguma alteração, que não posso prever de momento, estamos falando do final de maio ou até meados de junho, antes do início da época de férias", disse Ahern à TV irlandesa RTE.

O premiê irlandês disse que vai marcar a data assim que ficar esclarecido se a consulta será exclusivamente sobre o documento. A Irlanda será o único dos 27 países do bloco europeu a referendar o chamado Tratado de Lisboa.

A questão tem sido polêmica na Irlanda, depois de o governo ter informado que estava avaliando a possibilidade de referendar o tratado simultaneamente com a primeira de duas consultas populares sobre direitos das crianças.

A hipótese foi rejeitada por várias organizações de defesa dos direitos das crianças e pela própria provedora da Criança, Emily Logan, que pediram a junção dos dois referendos sobre a infância em uma única data e o referendo ao Tratado em outra ocasião.

Segundo analistas, a idéia de juntar as consultas visa aumentar o número de votantes para assegurar validar o referendo ao Tratado de Lisboa. Em 2001, os eleitores rejeitaram o Tratado de Nice, atualmente em vigor, no primeiro referendo, vindo a alterar a sua posição na segunda consulta.

O Tratado reformador da UE, assinado pelos líderes europeus em 13 de dezembro em Lisboa, deve ser ratificado por via parlamentar por todos os Estados-membros. Na Irlanda, a Constituição local impõe o referendo.

O documento que visa melhorar o funcionamento da UE e reforçar o seu peso político no mundo já foi ratificado, por via parlamentar, na Hungria, Eslovênia, Romênia, Malta e França.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos