Cabo Verde espera aceitação de resultados no Zimbábue

Cidade da Praia, 3 abr (Lusa) - O primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, manifestou nesta quinta-feira a esperança de que as forças políticas do Zimbábue aceitem os resultados das eleições de sábado.

José Maria Neves, que não quis comentar a possível derrota da Zanu-PF (no poder) por considerar que os "resultados ainda são provisórios", disse, no entanto, que espera que após estas eleições haja diálogo com vista à paz e à reconciliação entre os zimbabuanos.

"Espero que haja um diálogo com todas as forças políticas, que os resultados sejam respeitados por todos e que haja a paz e a reconciliação entre todos os zimbabuanos de modo a que a África Austral possa, em um ambiente de tranqüilidade, trabalhar para seu desenvolvimento", declarou.

O chefe do governo de Cabo Verde destacou que espera que todas as forças políticas do Zimbábue respeitem os resultados, especialmente o partido no poder.

O partido do presidente zimbabuano, Robert Mugabe, perdeu a maioria parlamentar nas eleições gerais de sábado para a oposição, segundo os resultados da eleição para o Parlamento, anunciados na noite de quarta-feira, pela comissão eleitoral do país.

O Movimento para a Mudança Democrática (MDC), principal partido oposicionista, obteve 109 das 210 cadeiras de deputados, enquanto a União Nacional Africana do Zimbábue - Frente Patriótica (Zanu-PF) conseguiu só 97.

Não foram anunciados os resultados da votação presidencial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos