Moscou confirma retirada de tropas russas da Geórgia

Moscou, 13 set (Lusa) - As tropas russas começaram a abandonar os postos de observação na Geórgia Ocidental, na linha de Poti-Senaki, confirma o Ministério russo das Relações Exteriores.

"A retirada de todas as tropas russas de manutenção da paz dos cinco postos de observação na linha entre Poti e Senaki será realizada, no máximo, durante sete dias, tendo em conta os documentos, assinados em 8 de setembro de 2008, que garantem o não emprego da força contra a Abkházia", anunciou o porta-voz da diplomacia russa, Andrei Nesterenko.

Segundo o diplomata, "isso mostra que a parte russa cumpre rigorosamente os acordos alcançados tanto a 12 de agosto, como a 8 de setembro deste ano".

"Cumprimos com precisão os nossos compromissos. Ao contrário das outras partes que tentam interpretar de forma diferente esses acordos, de que são prova as informações da mídia e as declarações oficiais de representantes dos países citados. Tenho em vista os países da União Européia, em nome dos quais falou o presidente francês", disse Nesterenko.

As divergências entre a UE e a Rússia em relação aos acordos Medvedev-Sarkozy dizem respeito aos locais para onde poderão ser enviados os observadores da União Européia.

A UE considera que os postos de observação deverão ser instalados na Geórgia, Abkházia e Ossétia do Sul, enquanto Moscou considera que eles devem se limitar à faixa territorial da Geórgia adjacente aos territórios das suas duas regiões separatistas.

Na véspera, ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, anunciou que a UE precisará chegar a acordo com os dirigentes da Ossétia do Sul e Abkházia para a instalação de observadores no seu território.

Os dirigentes separatistas já divulgaram que não necessitam da "proteção de Bruxelas", confiando plenamente nos 3.800 soldados que o Kremlin vai enviar para cada um desses territórios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos