Moscou e Caracas assinam memorandos na área de energia

Moscou, 26 set (Lusa) - A Rússia e a Venezuela assinaram nesta sexta-feira dois memorandos de cooperação na esfera da energia e sobre as vias de aumento da cooperação entre a produtora de gás russa Gazprom e a companhia Petroleos de Venezuela (PDVSA).

A cerimônia de assinatura dos memorandos teve lugar depois de um encontro entre os presidentes russo Dmitri Medvedev e o venezuelano Hugo Chávez, realizado na fronteira entre a Rússia e o Cazaquistão.

O primeiro documento prevê "a definição de possíveis direções de cooperação entre a Gazprom Latin America B.V e a PDVSA Servicios".

O acordo prevê a criação de um consórcio petrolífero, que será o maior do mundo.

"Foi feita a proposta de criar um consórcio petrolífero, o maior deste planeta, que será constituído pelas empresas Petroleos de Venezuela SA, bem como LUKOIL, TNK-BP, Rosneft e Gazprom (estas empresas russas privadas e públicas)", disse o presidente venezuelano.

Segundo ele, "isso fará elevar as relações russo-venezuelanas a um novo nível".

Inicialmente, o novo consórcio irá trabalhar na Venezuela, mas, depois, deverá participar de projetos de prospecção e exploração de poços em outros países da América Latina.

O segundo memorando visa estabelecer a cooperação "entre os Ministérios da Energia da Rússia e da Venezuela sobre a elaboração de um acordo intergovernamental complementar especial na esfera da energia".

Após as conversações entre Medvedev e Chávez, nada foi dito sobre o aumento da cooperação no campo militar.

Na véspera da reunião, a agência russa Interfax informou, citando fontes do Kremlin, que a Rússia irá conceder um crédito de U$S 1 bilhão (R$ 1,82 bilhão) à Venezuela para a aquisição de armamento, mas fontes da Lusa consultadas em Moscou declararam que esse processo "está ainda em vias de estudo".

Terminada a visita à Rússia, Chávez prevê visitar as seguintes cidades: Minsk, Paris, Lisboa e, por último, Nova York, onde irá participar na Assembléia Geral das Nações Unidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos