Com gol brasileiro, Paços de Ferreira respira no Português

Paços de Ferreira, Porto, 28 fev (Lusa) - Num jogo de aflitos, o Paços de Ferreira derrotou neste sábado, em casa, o Rio Ave por 2 a 0 e deu um passo importante na luta pela permanência na elite do futebol luso, em jogo da 20ª rodada do Campeonato Português.

A vitória dos "castores" foi construída apenas na segunda parte, o melhor período do jogo: o brasileiro Leandro Tatu, que estreou marcando um gol, fez o primeiro do jogo aos 9min da etapa complementar, e Rui Miguel, 13 minutos mais tarde, fechou o placar.

Ferreira, Rui Miguel e o goleiro Coelho, com duas enormes defesas no segundo tempo, foram os melhores da vitória, que coloca os pacenses, provisoriamente, no 12º lugar, com 19 pontos, mais três do que o Rio Ave, que, no final desta rodada, poderá cair para a última posição da tabela.

As duas equipes, numa situação incômoda na classificação, iniciaram o jogo em sistemas idênticos (4-3-3), embora os vilacondenses com as linhas mais recuadas, estratégia que visava explorar em contra-ataque a velocidade dos três atacantes.

Os pacenses, muito concentrados defensivamente, responderam com a abertura e subida frequente dos laterais, obrigando os atacantes do Rio Ave (Candeias e Fábio Coentrão) a encostarem muitas vezes na sua defensiva, descompensando a equipe em termos ofensivos.

Com o decorrer dos minutos, os "castores", com Ferreira e Rui Miguel como principais dinamizadores dos lances de ataque, assumiram o controle do jogo, jogaram mais vezes no meio-campo adversário, sem que isso tivesse correspondência em oportunidades de gol.

O gol surgiu apenas no segundo tempo, aos 9 minutos, por Leandro Tatu, que substituiu Danielson ainda no primeiro período, que, de cabeça, se antecipou à marcação, após a cobrança de três escanteios consecutivos.

Só a partir desse lance, o Rio Ave pareceu despertar e "cresceu" no campo, já com Evandro e Chidi em campo, e por duas vezes, aos 13 e 17 minutos, esteve perto de marcar, em lances de bola parada, mas Coelho, com duas enormes defesas, impediu o empate.

Em contra-ataque, o Paços de Ferreira, aos 22 minutos, "matou" o jogo, num gol de classe de Rui Miguel, que, com grande tranquilidade, aproveitou a saída de Paiva do gol para encobri-lo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos