Sporting derrota Paços de Ferreira com gols brasileiros

Lisboa, 7 mar (Lusa) - O Sporting venceu o Paços de Ferreira neste sábado por 2 a 0, em jogo da 21ª rodada do Campeonato Português, e subiu provisoriamente ao segundo lugar da tabela no lugar do Benfica.

Os gols dos brasileiros Liedson (8 minutos) e Derlei (34) permitiram aos "leões" ficar com mais um ponto do que o Benfica, que joga no domingo com a Naval 1º de Maio. Além disso, o Sporting encostou no líder Porto, ficando a apenas um ponto.

O encontro marcou o regresso do Sporting a Alvalade, onde, há uma semana e meia, foi goleado pelo Bayern de Munique por 5 a 0, na Liga dos Campeões. Porém, os "leões" mostraram ter superado esse momento e somaram a nona vitória em 11 jogos em casa.

O Paços da Ferreira mantem a 12ª posição, três pontos acima da zona de rebaixamento, mas poderão ser apanhados pelos dois últimos, Vitória de Setúbal e Belenenses.

Para essa partida, o treinador do Sporting, Paulo Bento fez três alterações, com destaque para a volta do goleiro Rui Patrício, ausente há quase um mês.

Com oito jogadores de características mais defensivas, o objetivo do Paços de Ferreira parecia ser não sofrer gols e esperar que a velocidade de Edson e Leandro Tatu pudesse surpreender.

Contudo, a estratégia dos pacenses ruiu logo aos oito minutos, quando, à primeira oportunidade, o Sporting marcou pelo inevitável Liedson, que, isolado por João Moutinho, rematou para a trave, contando com a preciosa colaboração do goleiro Coelho.

Depois de sofrer o gol, o Paços de Ferreira libertou-se um pouco da sua tática defensiva e, aos 21 minutos, Pedrinha fez, de trivela, a bola passar perto da trave de Rui Patrício.

A equipa nortenha passou a ter mais posse de bola, mas sem nunca incomodar realmente o Sporting, que, aos 34 minutos, voltou a revelar eficácia e ampliou a vantagem por Derlei, que, de cabeça, deu sequência a um canto de João Moutinho.

O gol animou o Sporting, que voltou a aumentar o ritmo e, por duas vezes, Derlei surgiu solto na área, mas primeiro, aos 38 minutos, atirou para as mãos de Coelho e, dois minutos depois, cabeceou por cima.

O Paços de Ferreira entrou um pouco mais afoito no segundo tempo, sobretudo graças à entrada de Cristiano, que, aos 61 minutos, dispôs da melhor oportunidade dos pacenses, mas, na cara de Rui Patrício, chutou com pouca força.

Apesar da melhoria do Paços de Ferreira, o Sporting continuou a dominar a partida e podia ter ampliado a vantagem, mas João Moutinho, em excelente posição, atirou por cima, após um passe de Derlei.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos