Trofense perde pênalti, Setúbal vence e respira em Portugal

Trofa, Porto, 15 mar (Lusa) - Um gol solitário de André Marques deu neste domingo um precioso triunfo ao Vitória de Setúbal na casa do Trofense (1 a 0), que desperdiçou um pênalti, em encontro da 22ª rodada do Campeonato Português.

Em inferioridade numérica durante pouco mais de meia hora, por expulsão de Leandro Lima (37 minutos), o Vitória segurou o melhor que pôde a vantagem conseguida aos 28 minutos do primeiro tempo e agradeceu a Kieszek ter defendido um pênalti na etapa complementar, até que Moustapha também viu cartão vermelho a 15 minutos do fim.

Com dois triunfos consecutivos, o Setúbal, 13º, afastou-se da zona de rebaixamento, estando cinco pontos acima, ao contrário do Trofense, 14º, que se mantém apenas um ponto acima de Belenenses e Rio Ave.

O primeiro lance de perigo pertenceu aos visitantes, aos 8 minutos: Paulinho quase fez gol contra após jogada de Bruno Gama, mas a bola saiu para escanteio.

Aos 15 minutos de jogo, a equipe da casa reclamou grande penalidade, mas Carlos Xistra deixou seguir o lance. Em causa uma suposta mão de Robson na grande área, após jogada perigosa de Mércio, pela esquerda.

Contra a corrente do jogo, o Vitória de Setúbal abriu o marcador aos 28 minutos, por intermédio de André Marques que marcou, muito bem, em cobrança de falta. A defesa do Trofense não fica isenta de culpas neste lance.

A partir do minuto 37, os sadinos passaram a jogar com um a menos: Leandro Lima viu vermelho direto por agressão a Mércio, depois de uma jogada disputada entre ambos.

Até ao intervalo registraram-se apenas as tentativas do Trofense que, perdendo pela margem mínima e em superioridade numérica, pareceu despertar. Primeiro, Hélder Barbosa arrematou de longe e a bola saiu muito perto do gol e, depois, seguiu-se novo arremate de Hugo Leal para as mãos do goleiro.

Na segunda parte, a equipe orientada por Tulipa desperdiçou uma ótima oportunidade para estabelecer a igualdade. Depois de uma falta dura de Robson sobre Reguila, Pinheiro, na cobrança de pênalti, permitiu a defesa a Kieszek (20 minutos).

Aos 27 minutos, foi a vez de a equipe da casa ficar reduzida a dez jogadores, com a expulsão do recém-entrado Moustapha, com vermelho direto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos