Final da Copa da Liga Portuguesa fará alerta contra fome

Faro, 20 mar (Lusa) - A Copa da Liga Portuguesa se associou à Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Fome (FAO) e à Associação das Ligas Europeias de Futebol Profissional (EPFL) para fazer um alerta sobre os 963 milhões de pessoas que passam fome no mundo.

Em entrevista coletiva no Estádio Algarve, em Faro (no sul de Portugal), palco da final do torneio, neste sábado, entre Sporting e Benfica (16h45 de Brasília), o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Hermínio Loureiro disse que esta foi a forma encontrada para participar da iniciativa que será realizada em todos as competições europeias durante o fim de semana.

Na decisão do torneio, 22 crianças vão acompanhar os jogadores das duas equipes quando entrarem em campo, vestindo camisas alusivas ao programa, com o número 963 milhões inscrito em baixo.

Conscientização

"A LPFP, como parte integrante da EPFL, não pode ficar indiferente a esta iniciativa. Será uma campanha de sensibilização para a luta contra a fome e queremos associar a final da Copa da Liga a este evento", afirmou Hermínio Loureiro. O presidente da Liga disse que "a responsabilidade social é também um papel fundamental do futebol profissional", que "precisa destas iniciativas".

Sidaty Aidara, representante da FAO, lembrou que "hoje há no mundo 963 milhões de pessoas, muitas delas mulheres e crianças, sobretudo em países subdesenvolvidos e na África, que sofrem com a fome e não têm nada para comer".

"Nos últimos três anos, por causa do aumento dos preços dos produtos alimentares, dos produtos petrolíferos e das alterações climáticas, houve mais 75 milhões de pessoas a sofrerem com o flagelo. Todos os dias 25 mil pessoas morrem com fome e a cada sete segundos uma criança morre por má nutrição", ressaltou.

Para ajudar a despertar a conscientização para estes números, a FAO e a EPFL se associaram para ajudar a criar mais projetos TeleFood, que o organismo das Nações Unidas tem promovido em países em que a fome está presente.

"O objetivo é despertar consciências e reunir dinheiro para realizar mais projetos destes em países subdesenvolvidos, entre eles alguns da Comunidade de Países Língua Portuguesa [CPLP]", afirmou o representante da FAO.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos