Porto garante R$ 44,6 milhões se chegar à semifinal da Liga

Lisboa, 13 abr (Lusa) - O Porto garante 15,5 milhões de euros (R$ 44,6 milhões no câmbio atual) de prêmios na atual edição da Liga dos Campeões, se eliminar o campeão europeu Manchester United, quarta-feira, em jogo dentro de casa.

Caso conquistem o troféu, os "dragões" vão encaixar 22,5 milhões de euros, enquanto a classificação para a final de Roma, em maio, reduz os ganhos a 19,5 milhões, mesmo assim, um valor superior aos 18,7 milhões arrecadados com a vitória na competição em 2003/04.

Até as quartas-de-final, o clube português já garantiu 12,5 milhões de euros, assim como os britânicos Manchester United, Arsenal e Chelsea, tornando-se no 13º clube com mais rendimentos na competição, ultrapassando os alemães do Bayer Leverkusen (111,3 milhões).

Apenas Liverpool e Bayern de Munique, "carrasco" do Sporting, com 13,1 milhões de euros, e Barcelona (12,8) retiraram mais proveitos até esta fase, enquanto, no pólo oposto, o Villarreal amealhou 12,2 milhões.

Depois do empate obtido em Old Trafford (2 a 2), o Porto poderá afastar no estádio do Dragão o clube que lidera a lista de ganhos, nas 17 edições da Liga dos Campeões, com 274,5 milhões, e que divide com os "dragões" o recorde de presenças na competição (14).

Desde 1992/93, o Porto soma 111,5 milhões de euros em prêmios, seguido à distância de Sporting (36,7), Benfica (33,9) e Boavista (14,1), que representaram Portugal em 16 edições do torneio, que apenas em 2002/03 não contou com nenhum clube luso.

A chegada inédita às oitavas-de-final, na atual edição da Liga, garantiu uma receita de 10 milhões de euros aos "leões", que como o Benfica apenas conta cinco presenças na "Champions".

Só 196,2 milhões foram arrecadados por clubes portugueses, dos mais de cinco bilhões de euros distribuídos pela Uefa.

As contas somam os números totais das primeiras 16 edições (prêmios por resultados e verbas referentes às transmissões televisivas) e os euros distribuídos na atual temporada exclusiva pelas prestações desportivas (não contabilizam a fatia relativa ao "market pool share", relacionada com os direitos televisivos e receitas de bilheteira).

As cinco grandes potências europeias têm dominado a competição, tanto no plano desportivo, com a conquista de 14 dos 16 troféus, como financeiro, conseguindo prêmios de 3,663 bilhões de euros. A Inglaterra lidera com 878,9 milhões, seguida de Itália (783,6), Espanha (761,9), Alemanha (669,9) e França (539,3).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos