Treinador do Porto minimiza ausência de Lucho, operado

Vila Nova de Gaia, Porto, 17 abr (Lusa) - O treinador Jesualdo Ferreira defendeu nesta sexta-feira que a ausência forçada do meia argentino Lucho Gonzalez, por lesão, será coberta "coletivamente pela equipe" do Porto.

Jesualdo Ferreira, que falava na habitual conferência de imprensa de apresentação dos jogos, no Olival, comentou desta forma o fato de o Porto poder vir a não contar mais com o seu capitão nesta temporada.

"Nunca ganhamos nenhum jogo só com um jogador, mas sim com uma equipe", citou Jesualdo Ferreira, justificando que não pretendia, com isso, desvalorizar a importância de Lucho no grupo do tricampeão português.

Ainda de acordo com Jesualdo Ferreira, a alternativa a Lucho, que se lesionou com gravidade no jogo de quarta-feira com o Manchester United (0 a 1 no duelo de volta das quartas-de-final da Liga dos Campeões) e teve o joelho esquerdo operado, "é a própria equipe" portista.

Jesualdo disse ainda que se dá destaque à lesão e à ausência de Lucho porque "é um jogador que em três anos cumpriu quase a totalidade dos jogos, como o Bruno Alves, o Raul Meireles ou o Lisandro Lopez".

"Não quero que nenhum jogador se sobreponha à própria equipe", adiantou o treinador dos "dragões", que conta no jogo de domingo com a Académica, em Coimbra, pela 25ª rodada do Português, com todos os restantes jogadores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos