Gripe suína faz China suspender compra de carne do México

Pequim, 27 abr (Lusa) - A China suspendeu nesta segunda-feira as importações de carne de porco e de produto derivados, provenientes do México e de três Estados norte-americanos, casos do Texas, Kansas e Califórnia.

Num comunicado comum, o ministério da agricultura e a Administração encarregado do controle de qualidade e da quarentena, explicam que esta proibição, de efeito imediato, visa a prevenir a chegada à China do vírus da gripe suína.

A China apelou durante o final de semana à sua população que permaneça vigilante em relação aos riscos de epidemia.

Mas, as autoridades chinesas indicaram também hoje que na China não há qualquer caso de contaminação humana pelo vírus.

"De momento não há casos de gripe suína na China. Acompanhamos de perto a situação e informamos o público de forma a prevenir a doença", declarou um porta-voz do ministério chinês da Saúde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos