No Português, Ferreira vence Nacional por 2 a 1 de virada

Paços de Ferreira, Porto, 10 mai (Lusa) - O Paços de Ferreira venceu neste domingo o Marítimo por 2 a 1 em casa, depois de chegar a perder por mais de 50 minutos, e garantiu a permanência na primeira divisão do Campeonato Português, num jogo da 28ª rodada com lances polêmicos.

O Paços entrou perdendo, com um gol de Marcinho, aos 23 minutos, e só conseguiram virar o placar no segundo tempo, num espaço de sete minutos, aos 77 e 83, com gols de Danielson e Cristiano.

Com este resultado, os "castores" passam a somar 31 pontos, enquanto o Marítimo, já em zona tranquila, mas fora das competições europeias, manteve os 37.

Kelly, Paulo Sousa, Dedé e Cristiano, que regressaram ao Paços de Ferreira, foram as novidades, enquanto no Marítimo Fernando Cardozo, Briguel e Baba foram titulares, assim como Marcelo, em estreia na competição.

O merecido gol do Nacional aconteceu aos 23 minutos, num lance individual de Marcinho (sexto gol na Liga): o brasileiro ultrapassou Filipe Anunciação e chtou na zona frontal, com a bola sofrendo um desvio em Danielson e enganando o goleiro Cássio.

O gol acabou despertand o time local, que começou a avançar na zona adversária, utilizando os laterais e as entradas dos meias. Num dos primeiros avisos, aos 29 minutos, Ferreira serviu Rui Miguel, mas o remate frontal esbarrou nos jogadores insulares.

Apoiado pelo seu público, o Paços de Ferreira acreditou que poderia ser possível ir mais além e, com alguma felicidade, Cristiano, aos 83 minutos, resolveu o jogo, aproveitando um ressalto na área, seguinte a um pontapé acrobático falhado por Carlos Carneiro e contestado pelos insulares, para fazer o seu sétimo gol na competição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos