Êxito em negociações faz Cruzeiro priorizar clubes lusos

Porto, 27 mai (Lusa) - O êxito nos empréstimos de Nenê e Maicon ao Nacional da Madeira "obrigou" o Cruzeiro a realizar nova visita a Portugal, com o objetivo de voltar a colocar jogadores menos utilizados nos clubes portugueses.

Depois do sucesso da temporada passada, o Cruzeiro trouxe de novo a Portugal vários jogadores jovens e os responsáveis pelo clube de Belo Horizonte garantem a existência de novos craques, prontos a despontarem no futebol luso.

"Obtivemos êxito na primeira vinda a Portugal, com Nenê e Maicon, dois dos destaques da Liga portuguesa. Trazemos agora mais jogadores jovens, com boa qualidade técnica, mas que não conseguem, de imediato, lugar na equipe profissional do Cruzeiro. Acredito que podem ficar alguns em Portugal", disse à Agência Lusa Valdir Barbosa.

O diretor de relações internacionais do Cruzeiro explicou a complexidade do processo, num clube com mais de 100 jogadores: "Como os campeonatos de cada Estado encerram no final de abril, estes jogadores passam um período de um mês a 45 dias, à procura de outros clubes. Eles têm uma oportunidade de ouro para chegarem à Europa do futebol, via Portugal".

O Cruzeiro disputa jogos com Vitória de Guimarães, Sporting Braga e Nacional da Madeira, clubes colocados no topo da preferência do time brasileiro para mostrar atletas.

"A formação de atletas no Cruzeiro é muito grande. Talvez seja o clube que mais forma no Brasil, a par do São Paulo. O Cruzeiro empresta muitos jogadores a outros clubes, mesmo pagando os salários. Depois, regressam ao Cruzeiro mais valorizados e são negociados. É uma forma de comercializar os jogadores com mais facilidade", explicou Valdir Barbosa.

Este tipo de intercâmbio, de acordo com Valdir Barbosa, é proveitoso para todos os intervenientes: "É bom para o Cruzeiro e para os clubes portugueses. São jogadores com custo baixo quando vêm para cá e, depois, os clubes portugueses valorizam-nos e têm porcentagem na venda".

Filial

O diretor de relações internacionais do clube revelou ainda à Lusa a possibilidade de, no futuro, se criar em Portugal uma "espécie de filial" do Cruzeiro.

"No ano passado, falamos com o Estrela da Amadora. Queríamos instalar aqui uma espécie de filial do Cruzeiro, com uma comissão técnica e vários jogadores, assim como a parte administrativa. Não foi para a frente mas, de futuro, embora não haja negociação com nenhum clube, pode ser possível um intercâmbio deste gênero".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos