No Real, Cristiano Ronaldo prepara-se para realizar sonho

Lisboa, 11 jun (Lusa) - O atacante português Cristiano Ronaldo prepara-se para concretizar o sonho de infância de jogar pelo Real Madrid, depois de nesta quinta-feira o Manchester United ter aceitado uma oferta de 93 milhões de euros pelo jogador.

Campeão na Liga inglesa nos últimos três anos, e em 2008 Bola de Ouro e Melhor Jogador Fifa, Cristiano Ronaldo nunca escondeu o desejo de representar o clube "merengue", após um "namoro" que já durava desde o a última janela de transferências.

O atleta teve uma temporada de 2007/08 de sonho, com 42 gols marcados, mais um título inglês e a conquista da Liga dos Campeões, o que contribuiu fortemente para a conquista da Bola de Ouro do France Football e do prêmio Fifa.

Foi um ano fantástico para o português, um jogador que mostrava melhorar a cada dia e ocupava manchetes sucessivas, muitas das quais apontando o Real Madrid como o seu futuro clube.

O "namoro" mantinha-se, mas o Manchester United, principalmente através de Alex Ferguson, mostrava não querer abdicar daquele que era a principal figura da equipe e Cristiano Ronaldo entrou na temporada 2008/2009 ainda ao serviço dos "red devils".

Cristiano Ronaldo iniciou essa temporada em recuperação de uma operação no tornozelo e voltou aos gramados como suplente na equipe do Manchester United, num jogo da Liga dos Campeões frente aos espanhóis do Villarreal.

Foi o início para mais uma temporada de sucesso, com o jogador marcar o seu 100º gol pelos "red devils" em novembro de 2008, frente ao Stoke City.

Ronaldo ia ganhando forma e o estilo a que tinha habituado os torcedores e já na reta final da temporada - na qual o Manchester alcançou o terceiro título inglês consecutivo - marcou dois gols de classe: sobre o Porto (quartas-de-final da "Champions") e o Arsenal (semifinais).

Muito ao seu estilo, numa combinação de técnica e potência de arremate, Cristiano Ronaldo surpreendeu Helton no Estádio do Dragão, com uma bomba a mais de 30 metros da meta, e com o Arsenal voltou a fazer o mesmo.

A temporada só não terminou, uma vez mais, em grande estilo para o jogador porque no final de maio, no Olímpico de Roma, o Barcelona "roubou" o título de campeão europeu da equipa inglesa (2 a 0).

Agora, com o retorno de Florentino Perez ao comando do Real Madrid, a reconstrução "galáctica" está em curso e, agora, Cristiano Ronaldo junta-se ao brasileiro Kaká, anunciado na segunda-feira.

O jogador português prepara-se para uma nova aventura na elite do futebol mundial, depois de ter ganho tudo na Inglaterra, onde se incluem também prêmios de Jogador do Ano, Jogador Jovem do Ano (atribuídos pela Associação de Jogadores e pela imprensa).

Nascido em 5 de fevereiro de 1985 na Ilha da Madeira, Cristiano Ronaldo, de 24 anos, teve a sua estreia nos profissionais aos 17 anos, no Sporting, onde passou quase toda a sua formação.

Na sua contratação pelo United esteve o irlandês Roy Keane, símbolo dos "red devils", que alertou Alex Ferguson, no verão de 2003, para não deixar escapar aquele jovem prodígio que brilhou num amistoso entre os ingleses e os "leões".

As múltiplas qualidades de Cristiano Ronaldo evidenciavam-se num grande controle de bola e numa rapidez incrível, que levaram Alex Ferguson a gastar então 17,5 milhões de euros na contratação daquele jovem ainda franzino.

Cristiano Ronaldo não decepcionou e a essas qualidades juntou outras, crescendo como jogador e com maior capacidade física, num clube onde envergou a mítica camisa 7, outrora de George Best, Eric Cantona e David Beckham.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos