Diretor de comunicação do Porto insulta repórter e é multado

Lisboa, 3 jul (Lusa) - O diretor de comunicação do Porto, Rui Cerqueira, foi suspenso por três meses e punido com uma multa de 3.000 euros por injúrias a um jornalista da RTP, anunciou nesta sexta-feira a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

De acordo com o comunicado da Comissão Disciplinar da LPFP, Rui Cerqueira foi punido nos termos do disposto pelo artigo 107º, nº 1 - "Da lesão da honra e da reputação" (de agente desportivo: jornalista).

O caso reporta-se ao jogo entre Leixões e Porto, da 20ª rodada do último Campeonato Português, no qual o diretor de comunicação dos "dragões" teria insultado João Pedro Silva, jornalista da RTP, após uma entrevista.

Na entrevista, João Pedro Silva fez três questões ao treinador do Porto, Jesualdo Ferreira, a primeira sobre o jogo, a segunda antecipando o encontro da Liga dos Campeões frente ao Atlético de Madrid e a terceira sobre a eventual renovação do técnico.

Após a entrevista rápida, o jornalista teria sido, de acordo com um comunicado do Conselho de Redação da RTP, "insultado pelo citado funcionário do Porto", que "começou por acusá-lo de desrespeitar a instituição FCP e de fazer perguntas encomendadas".

No momento, o jornalista teria perguntado se "não podia fazer perguntas", salientando que as questões não eram "encomendadas".

O diretor de comunicação do clube teria depois dirigido vários insultos João Pedro Silva.

Tudo aconteceu na presença do produtor da RTP Manuel Queirós, do treinador do Leixões, José Mota, de dirigentes do Leixões e da repórter de imagem da RTP que estava trabalhando durante a entrevista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos