Fórum em Jogos da Lusofonia quer ser 'ponte entre povos'

Lisboa, 16 jul (Lusa) - A língua portuguesa, as questões dos gêneros no esporte ou o ambiente serão temas em debate sexta-feira e sábado, em Lisboa, no Fórum dos Jogos da Lusofonia, que pretende ser uma plataforma de entendimento dos povos lusófonos.

"Este fórum vem anexo aos Jogos da Lusofonia e é um momento de entendimento entre todos os países lusófonos em que o desporto serve de plataforma de ligação com os outros âmbitos da cultura, da economia e do desenvolvimento", disse à Agência Lusa Ricardo Balbeira, da Quest - Soluções para o Desporto, que promove o fórum juntamente com a Comissão Organizadora dos Jogos (COJOL).

Sempre com as questões esportivas como pano de fundo, ao longo de dois dias, cerca de 50 especialistas vão abordar em nove painéis temas como a informação em português para os jovens luso-falantes, a dimensão do gênero nas práticas e políticas esportivas, o desenvolvimento, a governação e o ambiente ou a contribuição do esporte para a paz.

Elza Pais, da Comissão para a Cidadania e Igualdade do Gênero (CIG), Jorge Braga de Macedo, presidente Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT), a piloto Joana Lemos, Simoneta Luz Afonso, presidente do Instituto Camões, Fernando Nobre, presidente da AMI, Madalena Marçal Grilo, presidente do Comitê Português da Unicef e Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto, serão alguns dos participantes no fórum.

"Este é o primeiro grande fórum que desenvolve todos os assuntos do interesse da lusofonia", frisou Ricardo Balbeira, manifestando expectativa de que esta iniciativa possa ter continuidade nos restantes países lusófonos.

"Espero que a iniciativa tenha continuidade, que esta plataforma lusófona, desportiva, cultural e social possa ser extrapolada para os outros países lusófonos e que sirva de plataforma de comunicação deste povos, uma plataforma giratória para o entendimento dos povos lusófonos sempre dento do contexto que são os Jogos da Lusofonia", frisou.

Segundo a organização, o formato interativo do fórum permite juntar especialistas oriundos de países ou comunidades lusófonas, especialistas em diferentes áreas do conhecimento, da cultura e da sua relação com o esporte.

"Na linha de Declaração da Cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), realizada em Bissau em julho de 2006, o Fórum faz eco da lusofonia global, ou seja, de oito países muito diferentes partilharem maneiras de olhar para o mundo. O programa e a lista de participantes dão nota dessa diversidade", sustenta a organização.

O fórum, entre 17 e 18 de julho na Universidade Lusófona, é uma das atividades paralelas aos Jogos da Lusofonia, que decorrem em Lisboa até este domingo, e nos quais participam 12 países, oito dos quais os de língua oficial portuguesa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos