UOL Notícias Notícias
 

22/08/2009 - 16h25

Angola garante conclusão de estádios para Copa das Nações

Luanda, 22 ago (Lusa) - O ministro angolano das Obras Públicas, Higino Carneiro, garantiu neste sábado em Cabinda que os quatro estádios construídos para o Campeonato Africano das Nações (CAN2010) vão estar finalizados em outubro.

Em declarações aos jornalistas, durante uma visita ao Estádio Chiazi, um dos quatro, a par de Benguela, Lubango e Luanda, que vão receber jogos do CAN2010, que decorre em Angola no mês de janeiro, Higino Carneiro mostrou a sua "satisfação" com o decurso dos trabalhos.

Isto, num contexto em que a imprensa angolana tem colocado algumas reticências à capacidade da organização para que os estádios estejam concluídos a tempo da mais importante competição esportiva do continente africano, que Angola organiza pela primeira vez, num esforço para mostrar a nova fase em que o país se encontra, oito anos após o fim da guerra, em 2002.

Higino Carneiro frisou, citado pela Angop, que as obras dos quatros estádios estão sendo executadas conforme o estabelecido nos contratos e respeitando os prazos, o que, segundo o ministro, "significa dizer que teremos os estádios todos concluídos em finais do mês de outubro".

A questão dos gramados, outro dos problemas eventuais para o início da competição, foi ultrapassada, ainda de acordo com o governante angolano, com a contratação de uma empresa especializada, em Inglaterra.

Ainda segundo palavras de Higino Carneiro, o estádio que vai ter conclusão mais retardada é o de Luanda, o maior dos quatro, estando previsto que o processo esteja concluído em dezembro, enquanto nos restantes três campos, a meta é o mês de novembro.

No entanto, o ministro admitiu que existem alguns atrasos nos campos de apoio, mas sublinhou que estes são "facilmente recuperáveis".

A questão do alojamento das comitivas das seleções e torcedores está garantida, segundo Carneiro, contando o ministro com a palavra dos governadores provinciais.

Em termos de alojamento, o ministro disse que conversou com os governadores províncias de Cabinda, Luanda, Benguela e Huíla, onde lhe foi confirmado que está tudo pronto e acautelado, com a contribuição do setor privado.

O Estádio do Chiazi vai ter capacidade para 20 mil pessoas e tem um orçamento de construção de cerca de 80 milhões de euros. O maior, de Luanda, vai poder albergar 60 mil pessoas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,67
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,31
    75.990,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host