UOL Notícias Notícias
 

26/08/2009 - 17h08

Seleção lusa tem em Liedson goleador do Português no século

Lisboa 26 ago (Lusa) ? A convocação da seleção portuguesa nesta quarta-feira, para partidas contra a Dinamarca e Hungria pelas eliminatórias da Copa-2010, levou o brasileiro Liedson a se tornar o sexto jogador naturalizado a vestir a camisa da equipe.

O atacante junta-se aos compatriotas Pepe e Deco, que têm sido chamados com regularidade nas últimas convocações, depois dos também brasileiros Celso e Lúcio Soares e do sul-africano David Júlio também já terem vestido a camisa portuguesa.

A convocação de Liedson por Carlos Queiroz surge num momento em que o atleta não apresenta o grande desempenho de outrora, mas já era há muito esperada e só agora se consumou pelo fato de o processo de naturalização ter sido concluído e deferido há apenas duas semanas.

A vontade manifestada pelo jogador em representar a seleção das "quinas" e as declarações públicas do treinador Carlos Queiroz e do próprio presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Gilberto Madail, deixaram antever este desfecho.

Artilheiro de destaque

O atacante do Sporting é o maior goleador do Campeonato Português no século 21, com 98 gols marcados em 171 jogos, deixando o segundo da lista, Simão Sabrosa, a 22 gols de distância, o que atesta a sua importância no contexto mais recente do futebol luso.

Além dos 98 gols marcados no campeonato nacional, Liedson soma mais 20 nas competições europeias, 15 na Copa de Portugal e mais oito na Copa da Liga, o que perfaz um total de 141 gols em 214 jogos em competições oficiais. O "Levezinho", apelido pelo qual é mais conhecido em Portugal devido a sua fisionomia franzina e pela forma como consegue driblar adversários mais corpulentos, já foi duas vezes o artilheiro do Português, nas temporadas 2004/05 e 2006/07.

Desde que joga em Portugal, onde chegou nos inícios de 2003, com 25 anos, proveniente do Corinthians, Liedson marcou duas vezes em 19 jogos, o que significa, tendo em conta os 175 jogos que já leva no Português, que deixa duas bolas nas redes adversárias em mais de 10% dos jogos.

Liedson chegou ao fim da temporada passada num grande momento, como o atestaram os oito gols que marcou nos últimos seis jogos na Liga portuguesa, mas a sua temporada mais produtiva desde que chegou a Alvalade foi a de 2004/05, na qual faturou 25 gols só no Português, além de ter sido o vice-artilheiro da Copa da Uefa com nove gols.

Em 2005/06 e 2006/07, Liedson manteve uma regularidade de 15 gols por ano no Português, só quebrada em 2007/08, com 11 gols marcados, por força de uma grave lesão no joelho que o levou para o departamento médico durante vários meses.

Dos muitos apelido que lhe têm sido atribuído nos últimos anos, uma há "o senhor meio gol por jogo", que pode ser encarada em sentido literal, visto que Liedson registra uma média global de 0,5 gols por jogo no campeonato e uma média global de 0,65 gols por jogo em todas as competições oficiais.

Acresce que, em 22 de outubro de 2008, Liedson entrou para a história do Sporting ao tornar-se o maior artilheiro da história do clube nas competições europeias, marcando o seu 19º gol frente ao Shakhtar, na Ucrânia, em jogo da Liga dos Campeões.

Ao longo das cinco temporadas que já leva em Portugal, nas quais conquistou duas Copas de Portugal e duas Supercopas, foi protagonista de vários casos. Entre eles se destaca o seu atraso no regresso do Brasil após o recesso de Natal e um cartão amarelo que lhe foi exibido frente ao Vitória de Guimarães, que o impediu de participar no jogo que decidiu o título a favor do Benfica, na Luz, em 2005.

Histórico de naturalizados

Antes desta convocação de Liedson, foram cinco os estrangeiros que já vestiram a camisa das "quinas", a começar pelo central brasileiro Lúcio Soares e pelo meia sul-africano David Júlio, ambos do Sporting, na década de 60, com cinco e quatro partidas, respectivamente.

Na década de 70, foi a vez do "trinco" brasileiro Celso, então no Boavista, vestir por três vezes a camisa das "quinas", seguindo-se-lhe mais recentemente dois outros compatriotas seus, Deco, na época no Porto, e Pepe, já no Real Madrid, jogadores que continuam a integrar as convocatórias portuguesas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host