UOL Notícias Notícias
 

01/09/2009 - 11h00

Goleada do Benfica foi a maior do Português neste século

Lisboa, 1° set (Lusa) - A avalanche de gols com que o Benfica despachou segunda-feira o Vitória de Setúbal no estádio da Luz (8 a 1) é a maior goleada do Campeonato Português no século 21.

Num período em que marcar muitos gols é um feito cada vez mais raro, a verdade é que desde o início deste século que as goleadas com seis ou mais gols de diferença se contam pelos dedos das mãos.

A mais expressiva aconteceu na noite de segunda-feira, com um Benfica "diabólico" frente a um Setúbal que pouco depois da primeira meia hora de jogo já perdia por 5 a 0 e ainda viria a sofrer mais três gols no segundo tempo.

Desde 1° de janeiro de 2001 a Liga Portuguesa teve que disputar 2511 jogos para proporcionar goleadas em oito ocasiões, desde um 6 a 0 no Sporting Braga x Santa Clara na temporada de 2001/2002 até o jogo entre "águias" e "sadinos".

O resultado mais comum desde 2001 nestes "pesos pesados" da arte do gol é a "meia dúzia". Uma situação que ocorreu cinco vezes, três das quais na temporada de 2001/2002, uma em 2007/2008 e uma outra em 2008/2009.

Na história constam os registros "certeiros" do Sporting Braga x Santa Clara (01/02, 6 a 0), do Paços de Ferreira x Salgueiros (01/02, 6 a 0), do Paços de Ferreira x Sporting (01/02, 0 a 6), do Porto x Estrela (07/08, 6 a 0) e do Marítimo x Benfica (08/09, 0 x 6).

Mais acima estão as goleadas do União de Leiria sobre o Salgueiros, em 2001/2002 (7 a 0), do Benfica no Paços de Ferreira, em 2002/2003 (7 a 0) e, finalmente, a da última rodada, com os 8 a 1 no estádio da Luz.

Desde que o século teve início são oito as "super" goleadas, o que faz com que seja, estatisticamente, necessário 313 partidas - mais do que um campeonato - para que se verifiquem resultados tão volumosos.

Liga dos Campeões

Em contraponto à Liga Portuguesa, cada vez mais à míngua de gols e que nas duas primeiras rodadas tinha somado apenas 22 arremates certeiros (nove na primeira e 13 na segunda), existe o "espetáculo" quase sempre proporcionado pela Liga dos Campeões.

A mais importante competições de clubes do mundo, que reúne grandes clubes do futebol europeu, também tem vivido as suas goleadas e algumas das quais históricas, como a que ocorreu em 6 de novembro de 2007, com o Liverpool esmagando o Besiktas (8 a 0).

É a maior goleada de todos os tempos desde que a "Champions" se transformou em Liga dos Campeões, mas antes disso na temporada de 2003/04, de boa memória para o Porto (campeão europeu), o Monaco ganhou por 8 a 3 do Deportivo la Coruña.

Esse é o jogo com mais gols marcados e curiosamente opondo duas equipes que viriam a surgir no caminho do Porto, que se preparava para conquistar o segundo título europeu da sua história (nas semifinais eliminou o Deportivo, na final bateu o Monaco).

Entre os resultados mais expressivos da competição "milionária", registro também para as goleadas da Juventus no Olimpiacos, do Arsenal ao Slávia de Praga, ambas por 7 a 0, ou do Manchester United na Roma (7 a 1).

No último ano o melhor registro foi do Bayern Munique - que viria mais tarde também a ser goleado pelo Barcelona - que impôs "humilhantes" 7 a 1 no Sporting, no Olímpico de Munique e depois de já ter vencido em Alvalade por 5 a 0.

No dígito "sete" também se situou o Lyon, quando na temporada de 2004/2005 recebeu e venceu os alemães do Werder Bremen por 7 a 2.

Maiores goleadas do Campeonato Português no século 21:

2009/2010 Benfica 8 x 1 Vitória de Setúbal

2002/2003 Benfica 7 x 0 Paços de Ferreira

2001/2002 União Leiria 7 x 0 Salgueiros

2008/2009 Marítimo 0 x 6 Benfica

2007/2008 Porto 6 x 0 Estrela da Amadora

2001/2002 Paços de Ferreira 0 x 6 Sporting

2001/2002 Paços de Ferreira 6 x 0 Salgueiros

2001/2002 Sporting Braga 6 x 0 Santa Clara

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h09

    -0,32
    3,134
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host