China encomenda 7,3 milhões de vacinas contra gripe A

Pequim, 5 set (Lusa) - O Governo chinês encomendou de empresas locais 7,3 milhões de vacinas contra a gripe A (H1N1) para as ações de prevenção contra a doença, revela o diário China Daily.

De acordo com o jornal, Pequim fez a encomenda de vacinas às farmacêuticas Sinovac e Hualan, as duas primeiras companhias a receberem licença de produção da vacina, tornando-se pioneiras no mundo na produção legal da vacina.

A Sinovac recebeu encomenda de 3,3 milhões de vacinas e da Hualan foram compradas quatro milhões. Os produtos devem ser entregues em dez dias.

As vacinas produzidas pelas farmacêuticas chinesas podem ser administradas com segurança a pessoas entre três e 60 anos em apenas uma dose de 15 microgramas.

"O Governo irá definir um plano geral e decidir os grupos de risco que terão prioridade na vacinação", afirmou Zhang Wei, diretor do departamento de registros da Administração Estatal de Alimentos e Medicamentos.

Dados oficiais indicam que outras nove empresas chinesas serão capazes de produzir 65 milhões de doses de vacinas até ao final do ano, altura em que se espera que a gripe A (H1N1) esteja mais ativa e afete um maior número de pessoas.

A China já registrou 18 mil casos da nova gripe, a maioria dos quais - 12.948 - na região Administrativa Especial de Hong Kong, enquanto que a China continental registra 3.981 casos e Macau tem cerca de 1.100.

Na sexta-feira, Hong Kong confirmou a sexta vítima da gripe A (H1N1) em cinco dias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos