UOL Notícias Notícias
 

09/09/2009 - 19h42

Jogadores de Portugal reforçam esperança na classificação

Por Rui Barbosa Batista, Agência Lusa

Budapeste, 9 set (Lusa) - Os jogadores da seleção portuguesa reforçaram a crença de que Portugal vai se classificar para a Copa do Mundo de 2010, após a vitória por 1 a 0 contra Hungria, fora de casa, rival direta no Grupo 1.

"Temos demonstrado que somos superiores a quase todas as seleções. Hoje marcamos bem cedo, apesar de termos usufruído de menos oportunidades do que contra a Dinamarca. Este resultado nos relança na corrida pelo Mundial. Nada está definido, não dependemos apenas de nós, mas vamos lutar até ao fim", prometeu Pepe.

O autor do único gol da partida considerou que a equipe lusa esteve "bem na primeira etapa" e "tentando controlar o jogo na segunda". "Demonstramos personalidade e espírito de sofrimento".

Com apenas seis pontos em disputa, a Dinamarca lidera com 18 pontos, seguida da Suécia com 15 e Portugal e Hungria, ambos com 13.

"Contra a Dinamarca, tivemos 30 oportunidades e não conseguimos marcar. Hoje não jogamos como devíamos - bonito -, mas por vezes há que jogar feio e ganhar, foi o que aconteceu", disse Cristiano Ronaldo.

Segundo o capitão da seleção lusa, o futuro continua sendo de esperança. "Há que continuar a sonhar. A nossa obrigação era ganhar, conseguimos, os jogadores estão satisfeitos, mas ainda há um longo caminho pela frente".

Resultado

Deco disse que "o importante era vencer" e reconheceu que "esperava um pouco mais da Hungria, até pelos pontos que já conquistou".

"Eles fizeram um jogo só à espera do contra-ataque. Acabamos por marcar cedo. Foi difícil jogar com eles sempre lá atrás", resumiu.

Liedson ressaltou a importância do resultado. "Conseguimos marcar um gol que nos deu a vitória. Era o mais importante ficar com os três pontos".

"É normal num jogo o domínio ser repartido, não é possível estar em cima nos 90 minutos. Sábado tivemos muitas oportunidades frente à Dinamarca e não marcamos, mas hoje ganhamos", concluiu.

Nani diz que Portugal "conseguiu o mais importante, que era vencer, e continuar a lutar para a possibilidade de atingir os objetivos".

"Agora é esperar. Há uma certa ansiedade de saber os outros resultados, mas estamos com fé que vamos chegar à fase final. Vai correr tudo bem. O que precisamos vai acontecer, temos é de trabalhar para ganhar os nossos jogos", afirmou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host