UOL Notícias Notícias
 

13/09/2009 - 09h53

Pênalti no fim mantém Braga na liderança do Português

Lisboa, 13 set (Lusa) ? Um pênati no final da partida, anotado por Meyong a sete minutos do apito final, deu na manhã deste domingo a vitória ao Sporting Braga na casa do Marítimo, por 2 a 1, e garantiu aos minhotos a liderança do Campeonato Português, após a quarta rodada.

Depois de sábado o Porto ter goleado em casa o Leixões por 4 a 1, o Sporting Braga era obrigado a ganhar o matinal jogo do Funchal para não perder o comando da Liga, mas esteve perdendo e só conseguiu o triunfo a sete minutos dos 90 e com um pênalti duvidoso.

O Marítimo, que ainda não tinha perdido, saiu na frente com um gol de Miguel Ângelo logo aos 7 minutos de partida, e os minhotos, única equipe só com vitórias no campeonato, empataram aos 39 por João Pereira, para o atacante camaronês Meyong fixar o resultado aos 83 da marca dos 11 metros.

No sábado os "dragões" passaram a somar 10 pontos e continuam a dois do Sporting Braga, mas ainda têm de esperar que o Benfica cumpra hoje o seu compromisso da rodada, para se saber se são segundos ou terceiros classificados. O Benfica, que era segundo na entrada desta quarta rodada com os mesmos sete pontos do Porto, visita o Belenenses, às 18h (14h de Brasília).

O Leixões, que nos três primeiros jogos não tinha marcado qualquer gol e só sofrera apenas um, correu no Dragão o risco de lhe acontecer o mesmo que ao Vitória de Setúbal há duas semanas na Luz, quando os sadinos foram goleados pelo Benfica por 8 a 1. Estes 4 a 1 são, ainda assim, a segunda maior goleada do campeonato até o momento.

O Porto marcou quatro gols em 22 minutos e chegou ao intervalo vencendo por 4 a 0, com tentos de Varela (20 minutos), Hulk (23), Rolando (33) e Falcao (42), que passou a somar quatro arremates certeiros na Liga.

Mas os jogadores de Jesualdo Ferreira desaceleraram o ritmo na segunda parte, talvez pensando na estreia na Liga dos Campeões, terça-feira com o Chelsea em Londres, e não só não marcaram mais gols, como permitiram ao Leixões "faturar" pela primeira vez no campeonato, com o atacante camaronês Pouga (76).

A rodada começou sexta-feira com o Vitória de Guimarães vencendo em casa à Naval 1º de Maio, por 3 a 0: os minhotos marcaram os três primeiros gols na competição e os figueirenses - com apenas um ponto, assim como Académica e Vitória de Setúbal - atuaram sob o comando do adjunto Fernando Mira, na transição do demitido Ulisses Morais para Augusto Inácio.

No sábado à tarde, o Rio Ave tinha subido provisoriamente ao segundo lugar, com oito pontos, ao receber e vencer o "europeu" Nacional da Madeira, por 2 a 0, com gols de João Tomás, aos 33 minutos, e Vítor Gomes, aos 63.

O Nacional, que na temporada passada foi quarto classificado e quinta-feira recebe o Werder Bremen pela nova Liga Europa, é 13º com apenas dois pontos em quatro jogos, nos quais apenas marcou dois gols e sofreu sete.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h30

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h37

    -0,09
    68.650,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host