UOL Notícias Notícias
 

15/09/2009 - 20h15

Para técnico, Porto merecia empate contra Chelsea

Londres, 15 set (Lusa) - O treinador do Porto, Jesualdo Ferreira, afirmou que o empate teria sido o resultado mais justo para a partida contra o Chelsea, em Londres, em que os portugueses perderam por 1 a 0, pelo Grupo D da Liga dos Campeões.

"O Chelsea ganhou porque é uma equipe muito forte, mas se fizéssemos um gol o empate era perfeitamente justo. Os jogadores têm consciência da forma que atuaram e sabem que o resultado não foi o que marca a diferença entre Porto e Chelsea", resumiu.

O técnico admite que "o resultado é difícil de engolir", mas prefere fazer uma "análise positiva". "Houve mais Chelsea na primeira etapa, mas na segunda dominamos o jogo e o adversário".

"Não gosto de falar de sorte, gosto mais de falar em competências, mas houve momentos de menos felicidade. Mesmo assim, o empate entre Atlético Madri e Apoel acaba por ser um mal menor e deixa-nos todas as possibilidades abertas para continuarmos na Liga dos Campeões", disse.

Jesualdo Ferreira considerou ainda que a sua equipe "cresceu bastante nos últimos tempos, dando uma imagem clara da sua identidade e espírito nas competições em que está inserida", apresentando "qualidade de jogo e vontade de ganhar".

"Daqui até o jogo com o Atlético de Madri (30 de setembro, no Estádio do Dragão) temos alguns jogos importantes. Queremos que a equipe melhore cada vez mais, pois o Atlético de Madri é um excelente time, tem bons jogadores, como já vimos no ano passado. Basta olhar para os nomes e o que são no panorama internacional. Fernando (expulso) é uma perda importante", concluiu.

Chelsea

O treinador do Chelsea, Carlo Ancelotti, comemorou o resultado, considerando que o Porto foi um "adversário muito difícil".

"Não estava nervoso, mas no fim do jogo foi difícil controlar o ataque do Porto, que jogou muito bem. Foi um desafio muito equilibrado e foi bom para nós ganhar. Às vezes também se vence sem jogar bem", reconheceu.

O técnico italiano lamentou o desperdício de "oportunidades para fazer o segundo gol" e admitiu dificuldades frente a uma "equipe que gosta de jogar futebol".

"Acredito que Chelsea e Porto têm iguais possibilidades de se classificar neste grupo. Faltam ainda cinco jogos e penso que o Atlético de Madri ainda nos pode criar dificuldades", concluiu.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host