UOL Notícias Notícias
 

16/09/2009 - 16h35

Nacional recebe o Werder Bremen na estreia na Liga Europa

Funchal, 16 set (Lusa) - O treinador do Nacional, Manuel Machado, manifestou-se nesta quarta-feira otimista na obtenção de uma vitória na recepção aos alemães do Werder Bremen, quinta, em encontro da primeira rodada do grupo L da Liga Europa.

Na previsão do desafio, realizada depois de um treino à porta fechada, o técnico disse que "uma vitória significará ultrapassar o obstáculo maior, uma vez que o Werder Bremen se apresenta como favorito".

Otimista, Manuel Machado garantiu que tem agora mais opções para formar um grupo mais forte do que aquele que eliminou o Zenit há cerca de um mês, e "uma vitória seria bastante positiva" para as cores "alvinegras".

O técnico admitiu existir alguma pressão para a sua equipe, menos experiente nas competições europeias, e realçou que para conseguir os seus objetivos, "o Nacional terá de estar ao seu melhor nível", reconhecendo que este é um jogo de grau de dificuldade muito elevado.

O treinador do Nacional rejeitou a ideia de pretender uma desforra das duas derrotas para a equipe alemã, enquanto treinador do Sporting Braga (0 a 3 fora e 0 a 1 em casa, na quarta fase da Copa da Ueda de 2007/2008).

Manuel Machado elogiou o forte potencial do seu adversário, mas deixou vincada a confiança nas capacidades da sua equipe.

"Temos as nossas armas, mas acima de tudo temos de estar muito concentrados durante todo o jogo, sem cometer alguns erros que têm acontecido no plano interno", salientou.

O treinador do Nacional considerou ainda que a elevada estatura dos jogadores do Werder Bremen irá dificultar a ação da sua equipe, sobretudo em lances de bola parada, mas não se esqueceu de ampliar os méritos adversários à qualidade técnica individual de alguns jogadores.

Quanto ao time a apresentar, Manuel Machado confirmou apenas João Aurélio como lateral direito, no lugar do suspenso Patacas, e ainda a titularidade de Rafael Bracalli no gol, prometendo apenas uma equipe capaz de lutar pela vitória diante daquele que admitiu ser o favorito à conquista do primeiro lugar do grupo L.

Presente na conferência de imprensa, o jogador madeirense Rúben Micael, autor do gol que valeu a classificação para a Liga Europa, no empate 1 a 1 em St. Petersburgo, com o Zenit, garantiu que todo o grupo está coeso em torno do objetivo, que passa pela vitória frente ao rival alemão.

Questionado acerca de uma eventual ansiedade dos jogadores pela estreia na Liga Europa, o jogador foi direto: "Quando começar o jogo ninguém pensa nisso".

Rúben Micael não escondeu o desejo de voltar a marcar gols nas competições europeias, mas focou os objetivos no coletivo.

Quanto à possibilidade de um dia poder jogar num grande clube da Europa, o jogador declarou: "Neste momento só penso no Nacional".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host