UOL Notícias Notícias
 

05/10/2009 - 17h24

Nacional vence Guimarães com gols do brasileiro Edgar Silva

Funchal, 5 out (Lusa) ? Dois pênaltis convertidos pelo brasileiro Edgar Silva, aos nove e aos 25 minutos do primeiro tempo, garantiram ao Nacional a vitória por 2 a 0 sobre o Guimarães, nesta segunda-feira, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Português.

Os dois times entraram em campo com esquemas táticos diferentes: o Nacional apostou no 4-4-2 em losango, enquanto o Guimarães escolheu o 4-2-3-1. O resultado disso foi que o time da casa aproveitou melhor as oportunidades criadas.

Os madeirenses entraram bem no jogo e, logo no primeiro minuto, João Aurélio escapou da marcação de Alex e o goleiro brasileiro Nilson precisou se esforçar para evitar o gol.

A segunda vitória seguida do Nacional começou a ser construída aos nove minutos, quando Rúben Micael foi derrubado na área por Marquinho e Edgar Silva converteu o pênalti.

O esloveno Pecnik tentou marcar por duas vezes, aos 13 e 18 minutos da primeira etapa, mas Nilson fez boas defesas e evitou os gols.

O técnico do Guimarães, Nelo Vingada, tentou melhorar o ataque do time, retirando Flávio Meireles e apostando no brasileiro Douglas, mas a alteração não surtiu efeito.

O árbitro Bruno Paixão marcou novo pênalti, após flagrar uma bola na mão de Custódio, depois de um cruzamento feito por Rúben Micael. Aos 25 minutos do primeiro tempo, Edgar Silva marcou de novo.

Diante da apatia do adversário, o Nacional continuou seu jogo ofensivo e, aos 34 minutos, Moreno fez o papel de Nilson no gol, após rebote de Mateus.

O duelo entre Pecnik e Nilson teve novo episódio aos 45 minutos, quando o esloveno tentou arremate direto, obrigando o goleiro do Vitória de Guimarães a fazer uma defesa espetacular.

Após o intervalo, com Jorge Gonçalves entrando no lugar do apagado Marquinho, a equipe de Nelo Vingada passou a assumir o controle do jogo, mas Manuel Machado respondeu retirando Pecnik e reforçando a defesa com o zagueiro argelino Halliche.

Desta forma, o técnico vimaranense arriscou mais, passou para um sistema de 4-4-2 e aumentou a linha ofensiva que seria reforçada com a entrada de João Alves aos 16 minutos do segundo tempo.

Com um Nacional voltado ao contra-ataque, a equipe visitante se aproximou mais da área adversária, mas sem conseguir criar oportunidades de gol.

A fácil vitória em casa permitiu a Manuel Machado estrear dois jogadores: Pedro Pacheco e Edgar Costa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host