UOL Notícias Notícias
 

05/10/2009 - 15h58

Presidente de Cabo Verde recebe Taça Fifa e exalta futebol

Cidade da Praia, 5 out (Lusa) - O presidente de Cabo Verde, Pedro Pires, afirmou nesta segunda-feira que o futebol, enquanto competição esportiva e estética, "é de uma beleza extraordinária", que "desperta paixões e movimenta milhões de praticantes" e "carrega incertezas nos resultados".

O líder cabo-verdiano discursava na cerimônia de apresentação da Taça Fifa, concedida à seleção vencedora da Copa do Mundo de futebol e que passou nesta segunda-feira por Cabo Verde.

O país faz parte de um roteiro no qual o troféu percorrerá 86 Estados, incluindo os 52 africanos, durante os próximos oito meses e oito dias que faltam para o início do Mundial de 2010, que acontecerá na África do Sul.

Falando à plateia presente no Auditório Nacional, Pires disse que uma das coisas que mais lhe interessa no futebol é "o lado humano e generoso", porque é por aí, "por um espaço de conhecimento humano e de aproximação recíproca entre pessoas", que se concretiza a "fraternidade e a solidariedade".

"As competições desportivas devem ser campos de paz e uma prática saudável, que promova e acarinhe a dignidade humana e estimule a igualdade e o respeito pelas diferenças culturais", disse o presidente cabo-verdiano, que torce pelo Sporting Clube de Portugal. Porém, à Agência Lusa, o líder se recusou a confirmar a preferência pelo clube português.

Pires foi a quinta personalidade de todo o mundo a tocar na taça depois de a África do Sul ser confirmada como sede da Copa do Mundo. Antes dele tiveram a honra Nelson Mandela, John Kufuor (ex-presidente de Gana), Thabo Mbeki (ex-presidente da África do Sul) e Jacob Zuma (atual chefe de Estado sul-africano), conforme destacou o representante da Fifa que "acompanha" o troféu pelo percurso mundial, Emanuel Maradas.

A Taça Fifa, introduzida no Mundial de 1974 em substituição à Taça Jules Rimet, mede 36,5 cm e é feita com 5 kg de ouro maciço com uma base de 13 cm de diâmetro, contendo duas camadas de malaquita. O peso total do troféu é de 6,175 kg, e ele traz duas figuras humanas segurando o planeta Terra.

Cabo Verde é o quinto país pelo qual o troféu passou ? antes, esteve em Egito, Tunísia, Argélia e Marrocos. A taça foi recebida com grande euforia pela plateia cabo-verdiana, formada por representantes do governo e do corpo diplomático credenciado na Cidade da Praia, por membros de organizações não-governamentais, empresários e crianças.

Na porta do Auditório Nacional, diante da estátua do "pai" das independências de Cabo Verde e Guiné-Bissau, Amílcar Cabral, dezenas de jovens, vestidos com as cores da Fifa, jogavam futebol, enquanto um grupo de dança local, em cima de um palco, animava ainda mais o ambiente festivo no meio de música tradicional africana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host