Técnico do Porto destaca 'qualidade e experiência' do APOEL

Porto, 20 out (Lusa) - O treinador do Porto, Jesualdo Ferreira, destacou nesta terça-feira a "qualidade e experiência" do APOEL, do Chipre, mas afirmou que encara com "otimismo" o jogo de quarta pela terceira rodada do grupo D da Liga dos Campeões.

"É uma equipe experiente, com jogadores de vários países, a maioria na faixa etária dos 30 e 14 dos quais com 25 jogos na Uefa. Estão extremamente motivados pela estreia na Liga dos Campeões e percebe-se que estão a apostar muito nesta fase de grupos", advertiu Jesualdo.

Sobre a qualidade do rival, "uma equipe muito aguerrida e junta", o treinador portista lembrou os jogos contra Atlético de Madri (0 a 0, fora de casa) e Chelsea (derrota por 1 a 0, em casa) para lembrar que os clube cipriota sofreu apenas um gol diante de dois grandes adversários.

"Há poucos dias, o Chipre jogou na Itália e perdeu por 3 a 2. Foram utilizados cinco jogadores do APOEL e um deles marcou um gol. Estamos perante uma equipe que não é tão conhecida, mas que nos obriga a jogar nos limites, com intenção clara de conseguir ganhar. Merece-nos o máximo de respeito e sabemos que nos vai colocar muitos problemas, mas estamos com grande otimismo", acrescentou.

Para vencer, o técnico portista sabe que seu time vai precisar fazer "um jogo de paciência, inteligente e de grande intensidade". "Com os jogadores que temos disponíveis, temos de encontrar soluções táticas e, acima de tudo, conseguir gols. Não há uma fórmula mágica, temos de jogar de forma inteligente, serena e paciente".

Apesar da confiança manifestada, Jesualdo Ferreira se recusou a assumir o favoritismo "só pelos nomes das equipes em causa".

"Como não há jogos iguais, este é um novo problema que obriga a resposta diferente. Só podemos ter otimismo e confiança no que é o nosso trabalho. Vai ser essa capacidade, através do jogo de equipe, que nos vai tornar mais favoritos. Lançar para o ar que somos favoritos só porque somos o Porto contra o APOEL não faz qualquer sentido", ressaltou.

O treinador luso não quis comentar sobre o adversário "para não dar pistas", mas disse conhecer "muito bem" os três portugueses do time, os zagueiros Paulo Jorge e Nuno Morais e o meio-campo Hélio Pinto.

"Tenho de colocar o APOEL num nível bom. Só sofreu um gol e jogou com Atlético de Madri e Chelsea. Para uma equipe que está pela primeira vez na Liga dos Campeões é muito bom", explicou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos