Construção do maior estádio da Copa de 2010 é concluída

Joanesburgo, 21 out (Lusa) - Soccer City, o estádio que receberá a abertura e a final da Copa do Mundo de 2010, foi dado como oficialmente concluído em relação às obras de construção civil.

A empreiteira Aveng/Grinaker-LTA destacou, durante uma cerimônia no estádio, situado a poucos quilômetros do centro de Joanesburgo, às portas do bairro de Soweto, que a sua arquitetura "reflete o design e a ingenuidade africanas no seu melhor".

Em forma de abóbora, e pretendendo dar a ideia de uma panela em cima do fogo quando é iluminado, Soccer City é, sob todos os aspectos, um local imponente, dotado das mais tecnologias mais avançadas e com níveis de conforto e funcionalidade difíceis de igualar.

Capaz de acomodar entre 89 mil e 94 mil espectadores em duas configurações, todos protegidos pelo teto envolvente, Soccer City utilizou na sua construção 90 mil metros quadrados de cimento, cerca de 10 mil toneladas de aço reforçado, nove milhões de tijolos e 13 mil toneladas de aço estrutural.

A sua fachada é constituída por 32 400 painéis de fibrocimento e o teto é constituído por duas camadas de um material feito a partir de lona e PVC.

Na cerimônia desta quarta-feira, os construtores informaram que o estádio deu emprego a 4.700 operários e técnicos e gerou contratos avaliados em 512 milhões de randes (R$ 121 milhões de euros no câmbio atual) para empresas locais, que são protegidas por lei na África do Sul nos concursos públicos e privados.

Soccer City foi construído em 9,98 milhões de horas desde o início dos trabalhos de movimentação de terras, em 2007, e que originaram a demolição quase total do antigo estádio FNB, em cima do qual foi construído o grande palco para a Copa de 2010.

O estádio conta com 193 suítes e 2700 assentos reservados à imprensa, 860 lugares de estacionamento para carros.

"É de longe o maior estádio da África, assim como o maior estádio com cadeiras para todos os espectadores jamais construído para uma fase final de um Mundial em todo o mundo", concluiu Neil Cloete, diretor-executivo da empresa responsável.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos