Portugal e Espanha lançam logotipo de candidatura a Copa

Lisboa, 29 out (Lusa) - O logotipo da candidatura ibérica à Copa do Mundo de 2018 ou 2022, apresentado nesta quinta-feira, simboliza uma vontade única de Portugal e Espanha chegarem a dezembro de 2010 como vencedores de um encontro muito difícil.

"Este logotipo transmite uma ideia de união, de vontade, entre dois países que estão também entrelaçados, além das bandeiras, da cultura, das relações, pela sua história. Este era o símbolo que mais força podia dar à candidatura", disse o presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

Com "uma certa margem de esperança", Gilberto Madail considerou que este "vai ser um jogo muito difícil", para o qual "não há segredo nenhum", apenas "trabalhar, trabalhar, trabalhar".

O presidente da Federação Espanhola, Angel María Villar, lembrou que esta "é uma candidatura única, com uma única vontade, uma única paixão, uma única emoção, que une dois países. Com culturas similares, mas também diferentes".

"Todas as outras candidaturas são muito fortes, vai ser um encontro de grande nível, mas tenho esperança que, com o futebol português, este país maravilhoso, vamos jogar um jogo muito intenso que vamos tentar ganhar. Daqui a um ano e alguns meses saberemos o resultado", afirmou.

O também presidente da Fundação da candidatura ibérica disse que há "pessoas que vêem com extraordinária simpatia esta candidatura", realçando os países de língua portuguesa e de língua espanhola.

"Esta é uma candidatura para sermos campeões do Mundo das organizações", disse o treinador português Carlos Queiroz, apelando a "um desiderato nacional".

"Temos de ter o melhor logotipo, a melhor organização, o melhor empenhamento, os melhores programas, os melhores campos, os melhores jogadores, os melhores treinadores, o melhor público. Temos de puxar todos para o mesmo lado", afirmou.

Carlos Queiroz afirmou estar "otimista" para a recuperação de Cristiano Ronaldo para os encontros com a Bósnia, na repescagem para a Copa-2010, revelando que o jogador do Real Madrid "é um dos principais apoiantes da candidatura", que "ficou encantado com o logotipo".

Eugénio Chorão, diretor geral da Euro RSCG Design & Arquitetura, empresa que concebeu o logotipo, disse que este "é um conceito básico com o princípio de duas culturas, uma vontade".

"É uma fusão das duas bandeiras, que formam o mundo. Esta ideia representa a fusão de dois países através da paixão que têm pelo desporto, mas também por um estilo expressivo, bastante emotivo", citou.

A candidatura conjunta de Portugal e Espanha compete com outras 10 propostas à organização dos Mundiais de 2018 e 2022, cujos vencedores serão anunciados em dezembro de 2010.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos