Após vitória, técnico reconhece que Chelsea não jogou bem

Porto, 25 nov (Lusa) - O técnico do Chelsea, o italiano Carlo Ancelotti, expressou nesta quarta-feira satisfação com a vitória sobre o Porto por 1 a 0, pela quinta rodada da Liga dos Campeões, e reconheceu que é "muito difícil" vencer no Estádio do Dragão, da equipe portuguesa.

Feliz por ter alcançado o objetivo de liderar o grupo D, o treinador explicou que "o Chelsea não fez um jogo brilhante", mas que, ainda assim, atuou o suficiente para vencer o tetracampeão português.

"Não é fácil vencer neste estádio. Na primeira parte, corremos alguns riscos e não estivemos muito bem, mas penso que fizemos um jogo bom, embora não fantástico", admitiu.

O italiano elogiou o desempenho de Nicolas Anelka, autor do único gol da partida, e destacou as atuações de John Terry e Ricardo Carvalho, os dois meias. Ancelotti também ressaltou a "personalidade e coragem" da equipe.

"Tinha pedido coragem e personalidade e penso que, em espaços, conseguimos apresentar essas características. Se queremos vencer a Liga dos Campeões, temos de manter este desempenho e, se possível, potenciá-lo", acrescentou.

Ancelotti falou ainda do "excelente momento de forma" e considerou que a vitória sobre o Porto aumentará a unidade da equipe inglesa.

"Estamos em alta e os jogadores acreditam na nossa qualidade. Estamos todos em boas condições e com uma mentalidade forte", afirmou.

A saída de Deco e os aplausos recebidos pelo ex-jogador do Porto também mereceram comentários do treinador.

"Aplaudiram Deco com mérito, porque reconhecem a importância que ele teve neste clube. Foram aplausos mais do que merecidos", defendeu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos