Belenenses deixa vitória escapar e empata com Marítimo

Lisboa, 29 nov (Lusa) - Belenenses e Marítimo empataram neste domingo em 2 a 2 no Estádio do Restelo, em jogo pela 11ª rodada do Campeonato Português e no qual os "azuis" saíram vencendo por 2 a 0, mas deixaram os adversários reagirem e empatarem nos últimos minutos.

Lima deixou na frente a equipe do Restelo, já no segundo tempo, mas um gol contra de Beto e um tento de Manú ? este nos últimos minutos - tiraram a vantagem dos da casa, que, com isso, seguem se vencer desde a segunda rodada.

Sem poder contar com vários jogadores lesionados, o técnico do Belenenses, João Carlos Pereira, só tinha 17 atletas disponíveis e apostou nos jovens Pelé e André Almeida para o time titular.

Os insulares começaram o jogo melhor, com qualidade na troca de passe e levavam perigo ao gol de Nélson, que, aos 12 minutos do primeiro tempo, viu um cabeceio de Djalma roçar na trave.

Dez minutos depois foi a vez do "capitão" Bruno acertar a baliza, na cobrança de uma falta.

Os laterais Manú, na direita, e Djalma, na esquerda, aceleravam o jogo "verde-rubro" pelos lados e criavam problemas à zaga do Belenenses, mas não incomodavam o goleiro.

Os "azuis" não conseguiam acertar as jogadas e usavam muito os passes diretos, que acabavam na zaga maritimista, e só aos 40 minutos do primeiro tempo fizeram o primeiro chute ao gol de Peçanha, com Lima.

Nos primeiros segundos da última etapa o brasileiro Lima, o melhor em campo dos "azuis", chutou forte de fora da área, mas Peçanha fez boa defesa.

Lima abre placar

Aos oito minutos, Gabriel Gomez lançou Lima, que foi derrubado por Peçanha dentro da área. O árbitro marcou pênalti e expulsou o goleiro brasileiro.

A penalidade, a primeira a favor do Belenenses nesta temporada, foi convertida pelo próprio Lima, que não perdoou e abriu o placar no Restelo, fazendo seu segundo gol no campeonato, depois de já ter marcado contra o Porto.

Com dez em campo, os insulares ficaram mais vulneráveis e o Belenenses aproveitou para aumentar a diferença, em uma falha de Alonso, que acabou deixando Lima sozinho. O atacante brasileiro fez o segundo, sem defesa para Marcelo Boeck.

Apesar da desvantagem, o Marítimo começou a melhorar no jogo e Nélson foi obrigado a duas boas defesas no mesmo minuto, mas, aos 32, nada pôde fazer quando o central Beto desviou para o próprio gol um chute de Manú.

Faltando quatro minutos para o fim da partida, os maritimistas empataram, através de Manú, que arrematou após uma defesa incompleta de Nélson.

Até o final, os "azuis" tiveram a oportunidade de vencer a partida, mas Lima pegou mal na bola, que passou perto do gol de Marcelo Boeck.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos