Técnico do Sporting promete garra contra Heerenveen

Lisboa, 2 dez (Lusa) - O técnico do Sporting, Carlos Carvalhal, admitiu nesta quarta-feira que vai usar Izmailov no jogo contra o Heerenveen, nesta quinta, e revelou que pretende lançá-lo em uma posição diferente na qual ele atuava com o ex-treinador Paulo Bento, a qual "constituirá uma surpresa".

Depois de ficar afastado dos gramados por uma lesão, o jogador russo foi convocado para o jogo da quinta rodada do grupo D da Liga Europa:

"Se jogar não será por favor nem para ganhar ritmo, mas por necessidade da equipe", disse Carvalhal sobre Izmailov, a quem elogiou pela "capacidade de sofrimento e determinação" ema uma época em que a equipe precisa de "leões de raça".

"No mínimo, há quatro posições em que o Marat pode jogar", revelou Carvalhal, sem dar detalhes, antes de falar sobre o jogo com os holandeses, contra os quais vão precisar de "onze leões", o que significa uma "grande atitude" para vencer um adversário que "está muito mais forte do que estava quando o Sporting o enfrentou na Holanda".

O empate garante ao time português a classificação à próxima fase, mas Carvalhal quer vencer: "Queremos instituir uma cultura de vitória e um espírito guerreiro nesta equipe, para ir ao encontro de uma massa associativa fantástica que empurrou a equipe para a vitória quer no jogo da Taça quer no do último sábado".

Carvalhal fez referência à "boa segunda parte" do jogo com o Pescadores da Costa de Caparica e a "oitenta e nove minutos de bom nível contra o Benfica", para identificar o maior desafio que o Sporting possui, que é "o de continuar a progredir no sentido de melhorar o seu comportamento em campo, de entrega total e motivação, e a qualidade de seu jogo".

Quanto ao suposto interesse do Sporting no zagueiro central moçambicano Mexer, Carvalhal se amparou em uma posição de princípio, segundo a qual só se pronuncia sobre jogadores que representam o clube, mas isso não o impediu de responder sobre se o futuro do ex-júnior nigeriano Rabiu passava ou não por Alvalade.

"É um jogador sob observação, tal como os que estão integrados na equipe de juniores e os que foram emprestados a outros clubes", disse Carvalhal.

O técnico também foi objetivo quando questionado sobre se a vaga de Vukcevic, lesionado, seria preenchida por Hélder Postiga: "Não vou dar pistas por não ser a primeira vez que, por alguma razão, sou obrigado a fazer alterações em relação à ideia inicial e, além disso, quero que os meus jogadores sejam os primeiros a saber quem vai jogar".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos