Benfica empata com Olhanense em jogo com três expulsões

Olhão, 12 dez (Lusa) ? Um gol de Nuno Gomes, nos acréscimos, deu neste sábado o empate por 2 a 2 ao Benfica no estádio do Olhanense, em jogo da 13ª rodada do Campeonato Português, com três expulsões e no qual os benfiquenses só conseguiram marcaram em superioridade numérica.O Benfica saiu para o intervalo perdendo por 2-1, depois de um primeiro tempo emocionante, e o atacante português acabou por "salvar" um ponto, a uma semana da recepção ao Porto, que pode ir para o "clássico" com apenas uma ponto de atraso.Carlos Fernandes marcou para o Olhanense, Saviola empatou e Toy voltou a dar vantagem aos algarvios, num primeiro tempo que as duas equipes terminaram com dez jogadores, por expulsão de Djalmir e Di Maria. No segundo tempo, o "capitão" benfiquista marcou aos 90+3 quando Miguel Garcia também já tinha sido expulso.Enquanto o Benfica ficou na liderança provisória, à mercê do Sporting Braga, o Olhanense, que esteve à beira de quebrar o ciclo de jogos sem vencer, agora cifrado em 12 (nove no campeonato), continua no 15º lugar, agora com nove pontos.O primeiro chute do jogo foi do paraguaio Cardozo, aos 8 minutos, mas esse lance foi o primeiro sinal de uma primeira parte jogada na intensidade máxima e com muitos momentos de emoção.Logo no minuto seguinte, o Olhanense abriu o placar: Rui Duarte marcou um livre da esquerda, a bola ?raspou? na cabeça de Ramires e Carlos Fernandes, marcando o gol.O gol abriu as hostilidades em campo e na bancada, gerando o arremessar de cadeiras entre torcedores dos dois times, a que só a polícia de intervenção, minutos mais tarde, pôs cobro.Entretanto, o Olhanense aproveitava o nervosismo dos visitantes e Castro teve espaço para rematar de longe, atirando por cima, mas bem perto da trave, aos 12 minutos.Na segunda metade do primeiro tempo, os ânimos aqueceram igualmente dentro de campo: aos 25 minutos, após um bate-boca entre vários jogadores, Artur Soares Dias mostrou vermelho a Djalmir e amarelo a Cardozo.Em inferioridade numérica, os locais permitiram o empate, aos 29 minutos, com erro do goleiro Ventura que não foi capaz de segurar uma bola cruzada por Di Maria, vendo Saviola, nas suas costas, marcar o seu sexto gol no campeonato.O Olhanense, porém, nunca se mostrou inferior ao Benfica e, aos 33 minutos, voltou de novo à condição de vencedor: após novo livre de Rui Duarte, desta vez na meia direita, Toy respondeu de cabeça.Aos 38 minutos, Ventura esteve novamente em destaque, desta vez com uma grande defesa a um chute de Saviola, isolado na área por Javi Garcia.A três minutos do intervalo, uma suposta cotovelada de Di Maria a Carlos Fernandes colocou as duas equipes em igualdade numérica, expulsando o argentino, que assim ficará de fora na recepção ao Porto, na próxima rodada.No segundo tempo, com Felipe Meneses em campo no lugar do lesionado Ramires, o ritmo de jogo caiu bastante, mas o Benfica surgiu cada vez mais dominador, empurrando o Olhanense para a sua área.Nos últimos dez minutos, o treinador do Benfica arriscou ainda mais, prescindindo de Coentrão para colocar o quarto elemento no eixo ofensivoA um minuto do fim, Artur Soares Dias expulsou Miguel Garcia, por falta violenta sobre David Luiz, e o Benfica aproveitaria essa situação para chegar ao empate, no terceiro de cinco minutos de compensação.Weldon centrou da esquerda, Luisão ganhou de cabeça no centro da área e a bola sobrou para a meia-esquerda, onde já não se encontrava Miguel Garcia, surgindo Nuno Gomes a marcar o segundo gol da sua equipe.Mas o Olhanense ainda esteve perto de vencer: Tengarrinha, aos 94 minutos, isolado por Paulo Sérgio, correu muito mas, na ?hora h?, faltou-lhe capacidade para ?matar? o jogo, chutando para fora.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos