Estádio da Cidade do Cabo é inaugurado sem concluir obras

Cidade do Cabo, África do Sul, 14 dez (Lusa) - Ao som de rolhas de garrafas de espumante e envolto por milhares de balões, o presidente da Câmara do Cabo, Dan Platto, recebeu nesta segunda-feira as chaves do novo estádio da Cidade do Cabo, um dos dez da Copa do Mundo de 2010.No entanto, ainda falta finalizar as obras do entorno e dos acessos do local.O estádio da Cidade do Cabo, na zona periférica conhecida como Green Point, será o palco da segunda partida da seleção portuguesa na fase de grupos, contra a Coreia do Norte, em 21 de junho de 2010.O estádio, com capacidade para 68 mil torcedores e orçado em 4,5 bilhões de randes (R$ 1,05 bilhão, ao câmbio atual), criou 2.500 postos de trabalho durante os 32 meses que levou para ser construído.Situado em um cenário natural de grande beleza, entre o Oceano Atlântico e a famosa Montanha da Mesa, o estádio da Cidade do Cabo é cercado por uma estrutura especialmente concebida para atenuar e resistir aos fortes ventos que são típicos desta região no Inverno.Quando totalmente iluminado, o estádio dá a impressão de ser uma taça suspensa no ar. Nos chãos de algumas das salas, especificamente nos balneários, foi utilizada cortiça portuguesa.Na inauguração do novo estádio, o presidente da Câmara do Cabo considerou o local "uma obra de arte que constituirá um dos marcos do esporte mundial$escape.getQuote().Após a Copa, o estádio passará a ser administrado por uma empresa com participação dos franceses do Stade de France e receberá fundamentalmente partidas de rugby, futebol e shows.Todo o entorno do local terá um parque de esportes e de lazer, uma condição imposta pelo município na assinatura do contrato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos