PUBLICIDADE
Topo

ONU indica sinais de "piora na segurança" na República Centro-Africana

05/07/2016 13h36

Alto Comissário para os Direitos Humanos destaca poderio de grupos armados e sua ação sobre civis; pelo menos 17 pessoas morreram em junho em confrontos entre milícias Séléka e anti-Balaka. Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque. A segurança e a situação dos direitos humanos na República Centro-Africana podem estar a piorar novamente, segundo [...]