Giro UOL traz os destaques da noite desta terça, 05/01, para você; ouça

Alexander Vestri

Do UOL, em São Paulo

Mercado financeiro

Depois de disparar a R$ 4,034 ontem, o dólar fechou em queda de 1% hoje, cotado a R$ 3,993. A atuação do Banco Central e a intervenção da China na Bolsa de Xangai ajudaram na desvalorização da moeda americana.

Puxada por bancos, a Bovespa se recuperou da queda da segunda-feira e subiu 0,66%, com 42.419 pontos.

A principal ação do Itaú Unibanco fechou com avanço de 0,84%, cotada a R$ 25,34. Já os papéis do Bradesco subiram 0,37%, a R$ 19,05, e os do Banco do Brasil ganharam 0,35%, cotados a R$ 14,29.

Leia mais


 

Novo PAC

A presidente Dilma Rousseff pretende apresentar neste mês propostas para retomar o crescimento da economia, mas sem abandonar o ajuste fiscal que tenta implementar desde o início do segundo mandato.

O novo pacote de medidas já é tratado no Planalto como uma espécie de "novo PAC" e deve priorizar o estímulo à construção civil. O governo vê o setor como o que tem mais capacidade de reagir e criar empregos.

Leia mais


 

Lava Jato

O STF deu dez dias para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), se manifestar sobre pedido de afastamento dele do cargo feito pela Procuradoria-Geral da República.

O prazo só vai começar a contar depois de 1º de fevereiro, quando termina o recesso do Judiciário.

No mês passado, o procurador Rodrigo Janot solicitou ao Supremo o afastamento de Cunha listando 11 atos que indicam crimes de natureza grave, como uso indevido do cargo eletivo e integração de organização criminosa.

Leia mais


 

Setor elétrico

O consumo de energia elétrica caiu 1,8% em 2015 na comparação com o ano anterior.

O sistema Sudeste/Centro-Oeste, que concentra 60% de toda a carga demandada pelo país, puxou essa diminuição. As regiões tiveram uma queda de 3,2%.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico apontou que o recuo da atividade econômica, o aumento das tarifas de energia e a paralisação da indústria foram os principais responsáveis.

Leia mais

 

Dengue

Depois de uma queda significativa em agosto, a dengue no Brasil voltou a crescer nos últimos meses de 2015. Foram registrados 1,5 milhão de casos da doença em todo o país até a primeira semana de dezembro. Isso significa um aumento de 123.304 casos desde o fim de setembro.

Houve também o crescimento no número de mosquitos Aedes aegypti, que transmite não só a dengue, mas também o vírus zika e a chikungunya.

Leia mais

 

Controle de armas nos EUA


O presidente Barack Obama anunciou medidas para aumentar o controle de armas de fogo nos Estados Unidos.

O principal ponto será tornar mais rígida a verificação de antecedentes criminais e de doenças mentais daqueles que quiserem comprar armamentos.

Em um discurso emocionado, Obama citou tragédias ocorridas no país e pressionou o Congresso, atualmente dominado pelos republicanos, que são contra o controle das armas.

Leia mais

 

Venezuela

Um tumulto marcou a posse de parlamentares na Assembleia Nacional da Venezuela hoje. Policiais tentaram barrar a entrada de 20 deputados da oposição ao presidente Nicolás Maduro ao prédio onde seria realizada a cerimônia.

Os policiais alegaram que o grupo não tinha pedido credenciamento. Um dos parlamentares tentou furar o bloqueio, o que gerou o conflito.

Em nota, o governo brasileiro pediu que o resultado das eleições e "a vontade soberana do povo venezuelano" sejam respeitados.

É a primeira vez em 16 anos que a oposição terá o controle do Legislativo no país. Dos 167 deputados eleitos, 112 são adversários do presidente Nicolás Maduro.

Leia mais

 

Mercado da bola

Renato Augusto decidiu aceitar a proposta do Beijing Guoan, da China, e deixar o Corinthians.

O clube paulista agora espera pelo envio de um documento oficial por escrito para efetivar a transferência. O time chinês também vai ter de pagar a multa rescisória, que é de 8 milhões de euros, cerca de R$ 35 milhões.

Recentemente, o Corinthians já havia perdido o meia Jadson para o Tianjin Quanjian, também da China.

Leia mais

 

Libertadores

A Conmebol divulgou hoje o calendário das duas primeiras fases da Libertadores 2016. Todos os clubes brasileiros vão começar jogando fora de casa.

O primeiro a estrear na competição é o São Paulo, contra o César Valejo, no dia 3 de fevereiro. Já o Palmeiras enfrentará o vencedor de River do Uruguai contra Universidad do Chile, no dia 16 de fevereiro.

O Corinthians começa na competição contra o Cobresal-CHI no dia 17 de fevereiro. Atlético-MG e Grêmio também estreiam no mesmo dia.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos