Giro UOL traz os destaques da noite desta quarta, 06/01, para você; ouça

André Medeiros

Do UOL, em São Paulo

Sanções à Coreia do Norte

O Conselho de Segurança da ONU condenou o teste com bomba de hidrogênio que a Coreia do Norte informou ter realizado hoje e prometeu novas sanções ao país asiático.

De acordo com o uruguaio Elbio Roseli, que preside o conselho em janeiro, a atitude norte-coreana é uma violação grave e deve ser repreendida.

A Coreia do Norte é alvo de sanções desde que realizou o primeiro teste nuclear do país, em 2006.

Leia mais



Governo

Mauro Vieira, ministro das Relações Exteriores, antecipou a volta das férias para acompanhar a crise na Venezuela e orientar a redação da nota na qual o governo brasileiro pede respeito ao resultado das eleições no país vizinho.

Caso o presidente Nicolás Maduro não entenda o recado, Dilma Rousseff pretende enviar um emissário ao país.

Leia mais



Crise política

Diante do desgaste da relação entre PT e governo, o ex-presidente Lula pediu que o Planalto e o partido diminuam as rusgas e evitem o enfrentamento público. A ideia é evitar que o mal-estar contamine ainda mais a crise no país.

Lula se reuniu no Palácio da Alvorada com Dilma Rousseff, o ministro Jaques Wagner, da Casa Civil, e o presidente do PT, Rui Falcão.

Leia mais



PMDB

Com a proximidade da Convenção Nacional do PMDB, prevista para março, o vice-presidente Michel Temer tenta negociar a pacificação da bancada na Câmara e evitar que a disputa também contamine o processo para a recondução dele à presidência do partido.

Temer ocupa o posto desde 2001 e a reeleição está ameaçada pelo PMDB do Senado. O presidente da Casa, Renan Calheiros, o líder Eunício Oliveira e o senador Romero Jucá pretendem apresentar na convenção um nome para presidir o partido.

Leia mais

 

Cotações

O dólar voltou a passar dos R$ 4. A moeda fechou com alta de 0,7%, cotada a R$ 4,021. O dia foi marcado por preocupações sobre a economia chinesa e pela declaração da Coreia do Norte de que realizou com sucesso o primeiro teste com bomba de hidrogênio.

Na contramão, a Bovespa fechou em queda de 1,52%, aos 41.773 pontos. É o menor patamar desde 31 de março de 2009. O índice foi puxado pelo desempenho negativo das ações da mineradora Vale e da Petrobras.

As ações ordinárias da Vale tombaram 7,35%, para R$ 11,60. Já os papeis ordinários da Petrobras recuaram 4,62%, para R$ 8,06.

Leia mais

 


Prejuízo

As perdas do Banco Central com operações equivalentes à venda da moeda no mercado futuro, os swaps cambiais, chegaram a R$ 89,657 bilhões, em 2015.

O BC voltou a vender dólares no mercado futuro em maio de 2013. A medida foi tomada para segurar a cotação da moeda norte-americana e oferecer proteção cambial para as empresas em momentos de forte oscilação da cotação.

Leia mais



Inflação

A inflação da cesta de produtos e serviços mais consumidos pelas famílias de menor renda ultrapassou os 11% em 2015 e alcançou o maior patamar desde 2004, de acordo com a FGV.

O aumento dos preços dos alimentos e, principalmente, de preços administrados, como energia elétrica, gás e gasolina, corroeram o poder de compra dos brasileiros que ganham até 2,5 salários mínimos.

Leia mais



Mercado da bola

Representantes do Beijing Guoan confirmam que estão perto de anunciar a contratação do meia Renato Augusto e do volante Ralf, ambos do Corinthians.

Com multa rescisória considerada baixa, de US$ 1 milhão, Ralf virou alvo fácil para a equipe chinesa. Já Renato Augusto admitiu em coletiva agora à tarde que está mesmo de saída e só espera a chegada de uma proposta oficial já apalavrada para deixar o Corinthians.

Leia mais



Música

Fim do mistério. O Guns N' Roses confirmou a volta do guitarrista Slash e do baixista Duff McKagan à banda. Mas os fãs não precisam se empolgar tanto. O retorno dos músicos, por enquanto, é só para o festival de Coachella, marcado para abril, na Califórnia.

Slash não sobe aos palcos com o Guns desde 1993, em show da banda em Buenos Aires. Já McKagan tocou com o grupo em uma série de apresentações em 2014.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos