Giro UOL traz os destaques da noite desta quinta, 14/01, para você; ouça

Ana Luiza Rosa

Do UOL, em São Paulo

Investigado na Lava Jato

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal que decrete a perda do mandato do deputado Vander Loubet (PT-MS), alvo da Operação Lava Jato, por suposto recebimento de propinas. Os valores teriam somado cerca de R$ 1 milhão em esquema de corrupção instalado na BR Distribuidora.

Janot pediu ainda a perda dos bens e valores que resultaram da lavagem de dinheiro no caso em favor da União.

Leia mais

 

Manifestações em São Paulo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, insinuou que os protestos contra o aumento das tarifas do transportepúblico na capital paulista são "vandalismo seletivo". O ato da última terça terminou com 13 detidos e alguns feridos.

Alckmin justifica o aumento de 8,57% nos preços de passagens de ônibus, trens emetrô argumentando que a alta é menor que a inflação oficial, que fechou 2015 em 10,67%.

O Movimento Passe Livre programou mais protestos na capital paulista. Eles são contra o reajuste nas passagens de R$ 3,50 para R$ 3,80.

Leia mais

 

Aumento para os professores

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou hoje reajuste de 11,36% no piso salarial do professor da rede pública. O valor passa a R$ 2.135,64.

O índice é calculado a partir da variação anual do gasto por aluno do Fundeb. No ano passado, o aumento foi de 13%.

Esse valor é o mínimo previsto para docentes da educação básica com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais.

Leia mais

 

Luto

E hoje foi um péssimo dia para a dramaturgia. O ator britânico Alan Rickman, famoso pelo personagem Snape da saga Harry Potter, e pelo vilão Hans Gruber em Duro de Matar, morreu aos 69 anos vítima de câncer.

E o humorista brasileiro Shaolim também morreu hoje depois de uma parada cardiorrespiratória. Eleestava sob cuidados médicos desde 2011, quando sofreu um grave acidente de carro.

Leia mais

 

Bolsa, enfim, volta a subir

Depois de seis sessões em queda, a Bolsa voltou a subir. O Ibovespa fechou com valorização de 1,43%, com 39.500 pontos. A alta do dia foi puxada, principalmente, pelo desempenho positivo das ações da Petrobras e da mineradora Vale.

E o dólar teve o terceiro dia seguido de queda e voltou a fechar abaixo de R$ 4. A moeda recuou 0,31%, cotada a R$ 3,998. Na véspera, o dólar tinha caído 0,85%.

Leia mais

 

Livre do ebola

Depois de dois anos de surto, a Organização Mundial da Saúde declarou hoje o fim da epidemia de ebola.

Segundo a entidade, esta terça-feira foi a primeira vez desde o início da epidemia que os três países mais atingidos, Libéria, Guiné e Serra Leoa, não notificaram nenhum caso há pelo menos 42 dias. Esse é o prazo determinado pelas autoridades como seguro para declarar o fim da transmissão.

Ao todo, foram 28.637 infectados por ebola no mundo todo, com 11.315 mortos.

Leia mais

 

Fim de contrato perto dos Jogos

Depois de a Prefeitura do Rio de Janeiro romper contrato com o consórcio responsável pela construção do Centro de Tênis nos Jogos Olímpicos deste ano, as empresas entraram na Justiça contra a decisão. O município tomou a atitude depois de atrasos e problemas no pagamento de funcionários.

Em resposta, as construtoras afirmaram terem tido problemas para receber pagamentos da prefeitura. Mesmo assim, pretendem retomar as obras e concluí-las a tempo para Rio-2016.

Faltando exatamente 204 dias para o início das Olimpíadas, o local destinado aos jogos de tênis ainda não está pronto. Oficialmente, 10% da obra contratada em 2013 ainda precisa ser concluída.

Leia mais

 

Entra em vigor no dia 2 de fevereiro

Real Madrid e Atlético de Madri foram proibidos pela Fifa de contratar jogadores até o fim da temporada 2016/2017. A punição foi dada por infrações relacionadas a transferências internacionais e registros de jogadores abaixo dos 18 anos cometidas pelas duas equipes.

Leia mais

 

Premiação do cinema

O filme O Regresso lidera as indicações para o Oscar deste ano. O longa concorre em 12 categorias, incluindo de melhor filme e melhor ator, pela atuação de Leonardo DiCaprio. É a quinta indicação do ator, que nunca foi premiado. A produção estreia no Brasil no dia 4 de fevereiro.

E o país está representado na categoria de melhor animação com o O Menino e o Mundo, de Alê Abreu. A disputa não vai ser fácil, pois concorrecom "Divertida Mente'", produção da Pixar, principal estúdio de animação do mundo, que já levou sete prêmios.

A cerimônia da entrega da estatueta está marcada para 28 de fevereiro.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos