Giro UOL traz os destaques da manhã desta sexta, 22/01, para você; ouça

Aline Rocha

Do UOL, em São Paulo

Manutenção da taxa de juros

A decisão do Banco Central de manter a taxa de juros, a Selic, em 14,25% ao ano elevou as expectativas de inflação para os próximos anos. A previsão da inflação para janeiro de 2018 chegou a 10,66% na quinta, mas era de 9,94% no início da semana.

Para economistas, ao mudar repentinamente a rota da política monetária, o BC prejudicou o combate a alta de preços. 

Leia mais

 

Estrelas do partido

O PT decidiu que o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff não vão aparecer nos comerciais do partido que vão ao ar no começo de fevereiro.

Líderes da cúpula do PT escolheram priorizar a defesa da imagem da sigla, que está abalada pelos escândalos do mensalão e da Lava Jato.

Leia mais

 

1.095 dias de gaveta

Uma denúncia da Procuradoria Geral da República contra o senador Renan Calheiros (PMDB) vai fazer aniversário de três anos na próxima semana, mas ainda não foi julgada. O peemedebista é acusado pelos crimes de peculato, falsidade ideológica e uso de documentos falsos.

O processo está ligado a um escândalo de 2007 e pode render até 23 anos de prisão. 

Leia mais

 

Lava Jato

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos coordenadores da Lava Jato, disse que a defesa de Marcelo Odebrecht está tentando atrasar o julgamento dele.

O novo problema entre acusação e defesa surgiu depois que o criminalista Nalbor Bulhões, que lidera a defesa do executivo, acusou a Procuradoria de manipular um depoimento do delator Paulo Roberto Costa para prejudicar Odebrecht. 

Leia mais

 

Lula é intimado

O ex-presidente Lula foi intimado a prestar novo depoimento na próxima segunda-feira referente à operação Zelotes, que investiga suposta compra de medidas provisórias durante o governo dele.

Lula foi ouvido como testemunha de defesa da primeira vez. Advogados do ex-presidente devem pedir que o depoimento seja feito em São Paulo, onde ele mora, em vez de Brasília.

Leia mais

 

Contra aumento da tarifa

O protesto do Movimento Passe Livre em São Paulo na noite de ontem terminou com bombas jogadas pela Polícia Militar e 16 pessoas feridas. O confronto começou depois de um grupo tentar furar o bloqueio feito por policiais na Praça da República, no centro da cidade.

Este foi o quinto ato organizado pelo MPL contra o aumento da tarifa de ônibus e metrô em São Paulo, que foi de R$ 3,50 para R$ 3,80. 

Leia mais

 

Epidemia se espalha

O vírus da dengue chegou a Buenos Aires, capital da Argentina. Sete casos da doença foram confirmados esta semana. O ministro da Saúde argentino, Jorge Lemus, disse que a situação é preocupante, principalmente pelos surtos da doença no Brasil e Paraguai.

Neste ano, 1.100 pessoas foram contaminadas na Argentina. No mesmo período de 2015, eram 94 casos notificados e três confirmados. 

Leia mais

 

Contra a violência

Os clubes paulistas fizeram um acordo com o Ministério Público para acabar com a venda de ingressos físicos para as torcidas organizadas. A sugestão foi dada pela federação de futebol do Estado.

Pelo acordo, os clubes vão vender os ingressos pela internet às uniformizadas, que passarão a entrar nos estádios por uma catraca diferente da dos torcedores comuns.

Leia mais

 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos