PUBLICIDADE
Topo

Giro UOL traz os destaques da manhã desta sexta, 29/01, para você; ouça

Aline Rocha

Do UOL, em São Paulo

29/01/2016 08h25

Pacote do Conselhão

As medidas de estímulo ao crédito anunciadas ontem pelo governo vão ter efeito limitado na economia, segundo especialistas. Para eles, só a resolução de problemas macroeconômicos, como o fiscal, pode tirar o país da recessão.

Os analistas acreditam que o pacote que vai injetar R$ 83 bilhões em crédito não é eficiente porque a demanda por crédito é muito baixa no país, um reflexo do cenário de alto grau de incertezas, juros altos, desemprego e renda em queda.

Leia mais

 

Sítio usado por Lula

A ex-dona de uma loja de materiais de construção e um prestador de serviço em Atibaia (SP) disseram ao jornal Folha de S. Paulo que a empreiteira Odebrecht fez a maior parte da reforma de um sítio frequentado pelo ex-presidente Lula e familiares.

A reforma começou em 2010, no fim do segundo mandato de Lula. A Odebrecht, investigada na Lava Jato, informou que não identificou relação da empresa com as obras e o ex-presidente não quis comentar.

Leia mais 

 

Depoimento alterado de novo

Um dia depois dos procuradores da operação Lava Jato ameaçarem anular o acordo de delação premiada de Fernando Moura, o lobista mudou o depoimento de novo e disse que o ex-ministro José Dirceu sabia do esquema de corrupção na Petrobras.

Na semana passada, Moura prestou depoimento ao juiz Sergio Moro e negou que Dirceu tinha dito para ele fugir do Brasil durante o mensalão.

Leia mais 

 

Crise de microcefalia

A Fundação Altino Ventura, referência na reabilitação de bebês com microcefalia em Pernambuco, está demitindo funcionários e reduzindo a estrutura de atendimento pela falta de repasse de verbas públicas.

A instituição, que cuida de 135 crianças com microcefalia no Recife, não recebe recursos do governo federal e estadual desde maio do ano passado. Desde esse período, deveriam ter chegado R$ 13,3 milhões.

Leia mais

 

Contra aumento da tarifa

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) não receberam os manifestantes do Movimento Passe Livre durante o protesto que aconteceu ontem no centro da cidade. O MPL tinha pedido uma reunião aberta com os governantes em frente ao prédio da Prefeitura.

O protesto aconteceu sem incidentes, mas depois da dispersão, houve confusão no metrô Anhangabaú. A estação estava fechada desde as 20h30 e alguns manifestantes tentaram forçar a entrada, causando confusão com os seguranças. A PM usou gás de pimenta para dispersar o grupo.

Leia mais

 

Carros pretos sob ataque

Um grupo de taxistas provocou tumulto em frente ao hotel Unique, em São Paulo, na noite de ontem, onde acontecia o baile de carnaval da revista Vogue. Eles tentavam dificultar a saída dos convidados que queriam usar os serviços do aplicativo Uber.

Segundo testemunhas, os carros pretos que paravam perto do hotel foram cercados várias vezes. O grupo de taxistas ainda subia em cima dos carros e jogava pedras. A Polícia Militar estava perto do hotel, mas não interveio.

Leia mais

 

Estreia amarga

O Grêmio ficou perto de estrear com vitória na Primeira Liga na partida de ontem contra o Avaí. Só que o time perdeu um pênalti aos 39 minutos do segundo tempo e logo em seguida sofreu um gol, e o jogo terminou em empate em 2 a 2.

Com o resultado, os quatro times do Grupo B da competição somam 1 ponto. Internacional e Coritiba também empataram na quarta-feira.

Leia mais

 

Filme da novela

A Paris Filmes, distribuidora do filme Os Dez Mandamentos, disse que as sessões que estavam com ingressos lotados, mas sem a capacidade total das salas preenchidas, “é fruto das ações de filantropia” feitas pelos parceiros do filme.

A Igreja Universal do Reino de Deus, que tem bispos e pastores que controlam a Rede Record, é a responsável pela produção da novela transformada em filme. O longa estreou ontem com 3 milhões de ingressos vendidos, mas algumas salas em São Paulo que estavam com entradas esgotadas não lotaram.

Leia mais