Giro UOL traz os destaques da manhã desta terça, 23/02, para você; ouça

Giovanna Montemurro

Do UOL, em São Paulo

Delcídio nega ameaças

O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) falou pela primeira vez após os 87 dias que passou preso por obstrução das investigações da operação Lava Jato. Ele negou que tenha ameaçado entregar colegas do Senado caso seja cassado.

O senador também nega colaboração com a Lava Jato e diz que não fez nenhum acordo de delação premiada. Para o parlamentar, a defesa dele é boa e será feita nos tribunais superiores.

Leia mais

 

Argumentos de Santana

João Santana, responsável pelas campanhas de Dilma e Lula, já traçou a estratégia para se defender das acusações de recebimento de dinheiro ilegal fora do Brasil. O marqueteiro vai dizer que os recursos dele no exterior vieram exclusivamente de campanhas feitas em países estrangeiros.

Santana teve prisão decretada ontem. Ele é investigado na Lava Jato por suspeita de recebimento de R$ 30 milhões que teriam sido transferidos de acusados na operação para uma conta no exterior controlada pelo marqueteiro e pela mulher.

Leia mais

 

Nova investigação contra Renan

O Supremo Tribunal Federal recebeu uma nova investigação contra Renan Calheiros. A suspeita está relacionada a um inquérito em andamento que apura se o presidente do Senado teria usado dinheiro de uma empreiteira para pagar pensão a uma filha que teve fora do casamento.

A nova linha de investigação apura crimes de lavagem de dinheiro e possíveis fraudes tributárias. O caso está em segredo de Justiça.

Leia mais

 

É preso de novo

Gil Rugai se entregou para a polícia em São Paulo na noite de ontem. Ele foi condenado a 33 anos e nove meses de prisão pelo assassinato do pai e da madrasta em 2004. O ex-seminarista estava solto desde setembro do ano passado.

A decisão da Justiça de São Paulo pela prisão foi tomada com base na nova determinação do Supremo Tribunal Federal que permite que réus já condenados em segunda instância cumpram a pena em regime fechado.

Leia mais

 

Telefonia fixa sem concessão

O governo federal pretende acabar com a necessidade de concessão para a telefonia fixa. Em dois meses, deve ficar pronta a minuta de um decreto que vai permitir às operadoras prestarem todo tipo de serviço com uma simples autorização.

A tendência é que o consumidor deixe de pagar a tarifa básica nos planos de assinatura de uma linha fixa e, espera-se, que os preços caiam com a maior concorrência.

Leia mais

 

"Efeito Sheen"

Uma pesquisa americana mostrou que as buscas sobre o HIV no Google tiveram recorde nos EUA horas depois do ator Charlie Sheen revelar que era portador do vírus da Aids, em novembro do ano passado.

De acordo com o estudo, foram encontradas 2,75 milhões de pesquisas a mais do que o esperado sobre o tema. Os pesquisadores dizem que o "efeito Sheen" deve ser usado para aumentar o conhecimento da população sobre o vírus.

Leia mais

 

Mercado da bola

O Atlético-MG venceu a concorrência do Corinthians e anunciou a contratação do atacante Clayton, que estava no Figueirense.

O tempo do contrato e os valores ainda não foram divulgados, mas é estimado que a equipe tenha desembolsado R$ 15 milhões por 50% dos direitos econômicos do jogador de 20 anos.

Leia mais

 

Decisão no Carnaval de SP


A Liga das Escolas de Samba de São Paulo confirmou o rebaixamento da Pérola Negra do Grupo Especial para o Grupo de Acesso no Carnaval de 2017. A escola da Vila Madalena tinha entrado com um recurso por considerar que foi prejudicada por falhas técnicas na estrutura do sambódromo devido a uma queda de energia.

A Pérola Negra ficou com 264,0 pontos e terminou em 13º lugar. A Mancha Verde e a Tom Maior subiram do Grupo de Acesso para o Grupo Especial.


Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos