Giro UOL traz os destaques da manhã desta quinta, 10/03, para você; ouça

Ligia Gauri

Do UOL, em São Paulo

Governo tenta reagir

Ministros e petistas pressionam Dilma Rousseff a colocar o ex-presidente Lula em cargo chave no governo. A avaliação é que a presidente precisa dar uma chacoalhada na gestão e, assim, garantir um novo fôlego no mercado financeiro e no Congresso.

Dilma também foi aconselhada a fazer mudanças na política econômica e no comando da Justiça. Como antecipou o blog Painel, do jornal Folha de S.Paulo, a presidente quer convidar Lula para um ministério para que ele não fique nas mãos do juiz Sergio Moro, da operação Lava Jato.

Leia mais

 

Cúpulas dos partidos

E no momento de auge da crise do governo Dilma, dirigentes do PMDB e PSDB assumiram que vão trabalhar juntos para encontrar uma saída para o país. Ontem, um jantar patrocinado pelo senador Tasso Jereissati reuniu integrantes das cúpulas dos dois partidos em Brasília.

No encontro, muitos dirigentes afirmaram que as siglas não podem ficar omissas diante da crise política.

Leia mais

 

Negociação durante CPI do Mensalão

O senador Delcídio do Amaral diz, nos bastidores, que pode falar à Justiça sobre negociações feitas entre ele e Aécio Neves, do PSDB, na CPI dos Correios, que investigou o mensalão em 2006.

Por outro lado, a assessoria do tucano informou que ele nunca tratou de assuntos relacionados à CPI com Delcídio.

Leia mais

 

Impasse na Justiça

A maioria dos ministros do STF vetou o procurador Wellington Lima e Silva como novo ministro da Justiça. Os magistrados entendem que ele precisa deixar o cargo de procurador na Bahia.

Wellington tem 20 dias, a partir da próxima segunda, para tomar a decisão. Ele foi indicado para a Justiça pelo ministro Jaques Wagner, da Casa Civil, para substituir José Eduardo Cardozo, deslocado para a Advocacia-Geral da União.

Leia mais

 

Sinal vermelho

O número de multas por avançar no sinal vermelho aumentou significativamente de janeiro a novembro de 2015 em São Paulo. Um levantamento feito pelo jornal Folha de S.Paulo mostra um crescimento de 798% neste tipo de infração em relação a 2014.

Passar no sinal vermelho é considerado uma infração gravíssima, com aplicação de multa de R$ 191,54 e perda de sete pontos na carteira. Para a CET, o aumento das autuações está relacionado com o maior número de radares que flagram quem desrespeita os semáforos inclusive à noite.

Leia mais

 

Remédios mais caros

A indústria farmacêutica anunciou que o índice de reajuste no preço dos medicamentos pode aumentar em até 12,5% neste ano. Ao todo, 19 mil produtos podem ter o valor alterado.

O percentual oficial de reajuste máximo deve ser divulgado no dia 31 de março.

Leia mais

 

Libertadores

E no futebol, o Corinthians perdeu pela primeira vez na Libertadores em 2016. E foi de virada, por 3 a 2, para o Cerro Porteño. O resultado derrubou o time paulista para a vice-liderança do Grupo 8. Os paraguaios agora estão na ponta.

O Corinthians saiu na frente com gol de André, no primeiro tempo. Já na segunda etapa, o próprio André e o meia Rodriguinho foram expulsos e, com dois a menos, o time não aguentou o ritmo e tomou a virada.

Leia mais

 

Noite para esquecer?

E a noite não foi ruim só para o Corinthians na Libertadores. O técnico Marcelo Oliveira foi demitido do Palmeiras depois do time perder para o Nacional do Uruguai por 2 a 1. O treinador ficou nove meses no comando do alviverde.

Em Porto Alegre, o Grêmio saiu na frente, mas cedeu o empate em 1 a 1 para o San Lorenzo, da Argentina.

E hoje o São Paulo enfrenta o River Plate em Buenos Aires às 19h30, e você pode acompanhar o jogo ao vivo no Placar UOL.

Leia mais

 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos