Giro UOL traz os destaques da manhã desta quarta, 16/03, para você; ouça

Ligia Gauri

Desdobramentos da delação

A Procuradoria-Geral da República vai analisar se as denúncias feitas pelo senador Delcídio do Amaral sobre Dilma Rousseff em delação premiada justificam um pedido de investigação da presidente.

Delcídio citou que Dilma tentou obstruir investigações do esquema de corrupção na Petrobras para evitar a punição de empreiteiros envolvidos na Lava Jato junto ao STF. O procurador-geral, Rodrigo Janot, volta de viagem no fim de semana e só então deve analisar o caso.

Leia mais

 

Aécio na mira da Lava Jato

O senador Aécio Neves deve passar a ser investigado formalmente na operação Lava Jato. O tucano foi acusado em delação premiada de Delcídio do Amaral de receber propina da usina de Furnas.

O caso ainda está sendo analisado na Procuradoria-Geral da República, mas investigadores acreditam que a abertura de inquérito contra o presidente do PSDB deve ser pedida em breve.

Leia mais

 

Mais uma para Moro

O Superior Tribunal Federal ordenou que as investigações sobre contas no exterior de Cláudia Cruz e Danielle da Cunha, mulher e filha do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sejam enviadas ao juiz Sergio Moro, da Lava Jato.

O pedido foi feito pela Procuradoria-Geral da União, que alega que despesas pessoais da família de Cunha foram custeadas por propina da Petrobras na África. Cunha nega as acusações contra ele e a família.

Leia mais

 

Conflito interno

O vice-presidente Michel Temer vai afastar do PMDB o deputado federal Mauro Lopes, que foi indicado por Dilma como novo ministro da Aviação Civil.

A medida deve ser tomada por conta de uma decisão do PMDB. O partido vai decidir, em 30 dias, sobre a proposta de rompimento com o governo. Até lá, os filiados do PMDB foram proibidos de aceitar novos cargos. Quem fizer o contrário pode ser expulso.

Leia mais

 

Ex-presidente investigado

Com dúvidas sobre voltar ou não para o governo, o ex-presidente Lula deixa para hoje a decisão de assumir um cargo na Esplanada dos Ministérios.

Nos bastidores, um ministro chegou a dizer que o petista pode aceitar ir para a Secretaria de Governo ou para a Casa Civil.

Leia mais

 

Efeitos da crise política

A possibilidade de Lula voltar ao governo reduziu a expectativa dos investidores com a possibilidade de impeachment da presidente Dilma.

A justificativa é que a gestão ganhe sobrevida com o petista. Isso provocou uma alta do dólar e juros nos últimos dois dias, e queda da Bolsa. Ontem a moeda americana subiu 3,76% e fechou cotado a R$ 3,78. Já o Ibovespa caiu 3,56%.

Leia mais

 

Plano contra zika

O governo federal decidiu repassar R$ 10,9 milhões aos Estados para agilizar o diagnóstico de microcefalia e outras alterações associadas ao vírus da zika. Cada Estado deve receber cerca de R$ 2,2 mil por caso suspeito.

O Brasil registrou até o dia 5 de março 745 casos com diagnóstico de microcefalia ou lesões neurológicas. Outras 4.231 suspeitas estão sendo investigadas.

Leia mais

 

Na raça

O Grêmio sofreu durante todo o jogo, mas arrancou um empate em 1 a 1 com o San Lorenzo, na Argentina, e manteve a segunda posição do Grupo 6 da Libertadores, com 5 pontos, dois a menos que o líder Toluca.

Os destaques do time brasileiro foram o goleiro Marcelo Grohe, que fez importantes defesas ao longo da partida, e o meia Lincoln, que entrou no segundo tempo e marcou o gol gremista.

Hoje o Corinthians enfrenta o Cerro, e o São Paulo joga contra o Trujillanos, e você pode acompanhar tudo no aplicativo Placar UOL.

Leia mais

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos