Giro UOL Especial - Manifestações não inibem impeachment, diz analista

Saulo Novaes

Do UOL, em São Paulo

Fernando Rodrigues, analista político do UOL, afirma que os atos pró-governo, que ocorreram em 24 Estados e no Distrito Federal, ainda não são suficientes para barrar o processo de impeachment aberto hoje em Brasília pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara dos Deputados.

Rodrigues ainda avalia que a prioridade do governo Dilma Rousseff é se salvar da crise política e que a situação não terá tranquilidade enquanto não se resolver o processo de impeachment, que já corre de maneira acelerada.

 

Nova liminar impede posse

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, determinou nesta sexta-feira (18) a suspensão da posse do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil do governo Dilma Rousseff. Ele determinou ainda que as investigações da Operação Lava Jato sobre o petista fiquem sob a condução do juiz Sérgio Moro.

Leia mais

 

Lula acompanha gritos de "não vai ter golpe"

Em ato contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff na avenida Paulista, que reuniu 95 mil pessoas segundo o Datafolha, o ex-presidente Lula disse que a oposição ainda não aceitou o resultado da eleição de 2014.

"Eles acreditaram que iriam ganhar as eleições. Quando a presidente Dilma ganha, eles, que se dizem pessoas estudadas, não aceitaram. Eles estão atrapalhando a presidente Dilma a governar."

Lula acompanhou os gritos da multidão de "não vai ter golpe" que interromperam o discurso do ex-presidente.

Leia mais

 

Cunha acelera processo de impeachment

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), abriu pessoalmente uma sessão no plenário da Casa nesta sexta-feira (18). Dessa forma, o prazo da presidente Dilma para apresentar defesa à comissão especial que vai analisar o processo de impeachment já começa a correr – é de dez sessões plenárias.

Ao deixar o plenário, Cunha afirmou que, na segunda (21), também haverá sessão.

Leia mais

 

 

 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos