Giro UOL traz os destaques da noite desta terça, 22/03, para você; ouça

Andre Medeiros

Do UOL, em São Paulo

Rosa Weber nega pedido de Lula

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, negou pedido da defesa do ex-presidente Lula para manter no STF investigação sobre o petista na operação Lava Jato.

Os advogados contestaram decisão do também ministro Gilmar Mendes, que barrou a nomeação de Lula para ministro da Casa Civil e devolveu as investigações para o juiz Sérgio Moro.

Leia mais

 

Propina no Itaquerão?

A construção da arena Corinthians foi viabilizada com o pagamento de propina pela Odebrecht. A afirmação é do procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos coordenadores da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba.

Para o procurador, rastros de repasses ilegais apareceram em planilhas apreendidas que indicam o envolvimento da diretoria da Odebrecht que cuida da gestão do contrato com o estádio. Lima disse que ainda está em análise inicial a lista dos destinatários dos pagamentos.

Leia mais

 

Patrimônio do Lula

Acusado de ocultar a propriedade de dois imóveis, o apartamento triplex em Guarujá (SP) e o sítio em Atibaia (SP), o ex-presidente Lula diz que entrou e saiu da Presidência com o mesmo patrimônio imobiliário.

Em nota do Instituto Lula, o ex-presidente declara que possui três apartamentos em São Bernardo do Campo (SP) e o rancho Los Fubangos, na região da represa Billings, e nega qualquer tipo de ocultação de bens.

Leia mais

 

Novo pedido de impeachment

Líderes da oposição na Câmara confirmam que não vão pedir a inclusão da delação do ex-líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (sem partido-MS), ao processo de impeachment da presidente Dilma em tramitação na Casa.

O objetivo é apresentar um novo pedido de impeachment com base na delação premiada de Delcídio, no qual o senador diz que Dilma e o ex-presidente Lula atuaram juntos ao Judiciário para tentar barrar as investigações da Lava Jato.

Leia mais

 

"Tentativa de golpe"

A presidente Dilma Rousseff reiterou hoje que não vai renunciar ao cargo e que o pedido de impeachment contra ela "é uma tentativa de golpe" porque não foi cometido crime de responsabilidade.

A afirmação foi feita no Palácio do Planalto, durante encontro com juristas que criticaram o processo de impeachment e a divulgação de gravações telefônicas da presidente.

Leia mais

 

"Agenda emergencial"

O vice-presidente Michel Temer (PMDB-RJ) teve hoje em São Paulo uma reunião privada com Aécio Neves, presidente do maior partido de oposição à Dilma Rousseff, o PSDB.

Aécio confirmou a reunião com Temer e disse que debateu com o vice-presidente uma "agenda emergencial para o Brasil". O senador ainda afirmou que a reunião foi tranquila e que o PSDB não vai fugir da "responsabilidade" de contribuir com a estabilização do país.

Leia mais

 

Bancos derrubam Bovespa

Após terminar o dia em alta ontem, o Ibovespa fechou em queda de 0,32% hoje, com 51.010,2 pontos. A baixa foi puxada, principalmente, pelo desempenho negativo dos bancos, que possuem grande peso sobre o índice.

Já no mercado de câmbio, depois de uma leve alta ontem, o dólar fechou em queda de 0,26%, negociado a R$ 3,601 na venda.

Leia Mais
 


Atentados na Bélgica

O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou a autoria dos atentados que deixaram dezenas de mortos e centenas de feriados em Bruxelas, capital da Bélgica. Duas explosões ocorreram no aeroporto e uma no metrô. A procuradoria local informa que pelo menos uma delas foi provocada por um homem-bomba.

O Consulado-Geral do Brasil em Bruxelas recomenda que os brasileiros que estejam no país sigam as orientações de segurança do governo belga.

Leia mais

 

Campeão em assassinatos

O Brasil é o país campeão mundial em assassinatos, em números absolutos. Só em 2014 foram 59.627 registros, uma média de 29,1 homicídios para cada 100 mil habitantes. O número é o maior da história do país e representa mais de 10% do total no mundo.

A ONU classifica como epidêmica a situação de locais onde a taxa registrada é superior a 10 homicídios para cada 100 mil habitantes.

Leia mais

 

Premiação maior

A Globo resolveu triplicar, em relação ao pagamento de 2015, a premiação para o campeão do Brasileirão a partir de 2019. A quantia vai passar de R$ 10 milhões para R$ 30 milhões.

O aumento da premiação acontece no momento em que a emissora duela com o canal pago Esporte Interativo pelos direitos de transmissão dos jogos do campeonato na TV fechada.

Leia mais

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos