Giro UOL traz os destaques da manhã desta terça, 26/04, para você; ouça

Giovanna Montemurro

Do UOL, em São Paulo

Nota 7 para Temer

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defende a entrada do PSDB num eventual governo Michel Temer, com indicação de cargos. Segundo ele, o partido tem "responsabilidade política" e não pode se recusar a participar.

Apesar de defender o impeachment, Fernando Henrique diz que a presidente Dilma não é "criminosa" e afirma que "é bom" que o PT se mantenha como força política. Otimista, diz que a confiança dele de que Temer fará uma boa gestão atinge 7, numa escala de 0 a 10.

Leia mais

 

Jogo político

O presidente em exercício do PMDB, senador Romero Jucá (RR), afirmou na noite de ontem em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que a eventual realização de novas eleições gerais ainda neste ano seria um golpe.

Um dos principais articuladores do vice-presidente, Jucá disse ainda que Michel Temer é "o homem certo" para o momento de crise que vive o país.

Leia mais

 

Esteves volta ao trabalho

Uma decisão do STF passa a permitir que o banqueiro André Esteves volte a trabalhar no BTG Pactual, banco que controlava até ser preso na Lava Jato.

Segundo o advogado do banqueiro, também foi revogada a prisão domiciliar. Esteves está dispensado de se apresentar quinzenalmente à Justiça. Foi mantida apenas a restrição para viagens ao exterior: se passarem de sete dias, terão que ser avisadas à Justiça.

Leia mais

 

Mais dois processos

O ministro do STF Teori Zavascki autorizou a abertura de dois novos inquéritos para investigar a suposta ligação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), com o esquema de corrupção da Petrobras.

Os dois processos estão em segredo de Justiça e não há detalhes das novas linhas de investigação, mas os inquéritos tratam de crimes de corrupção ativa e passiva e ainda de lavagem de dinheiro. Cunha já é alvo de uma ação penal, uma denúncia e mais um inquérito na Lava Jato. Ele é investigado por recebimento de propina de recursos desviados da estatal.

Leia mais

 

Crise atinge as grandes empresas

Um levantamento feito a pedido do governo mostra que as 25 maiores empresas de capital aberto do país têm, juntas, mais de meio trilhão de reais em dívidas vencendo somente nos próximos quatro anos.

Com a recessão instalada, boa parte dessas companhias terá de refinanciar o que deve, segundo banqueiros. E é isso que assusta governo e grandes bancos privados. Em média, 60% desses empréstimos foram contraídos no Brasil.

Leia mais

 

Ciclovia será reformada

A Prefeitura do Rio anunciou ontem a reconstrução da ciclovia Tim Maia até o início da Olimpíada, em 5 de agosto. Não foram apresentados nem o cronograma, nem os custos da obra. Ao menos duas pessoas morreram no desabamento da pista, ao lado da Avenida Niemeyer, ligação entre Leblon e São Conrado, na zona sul.

Em comunicado oficial, a gestão Eduardo Paes (PMDB) informou que o início das obras no trecho de 50 metros atingido por ondas na quinta-feira passada depende de um laudo pericial, com prazo de 30 dias para ficar pronto. O consórcio responsável pela obra da ciclovia vai assumir a reconstrução e "arcar com todos os custos".

Leia mais
 

 

Conclusão da crise no São Paulo

Seis meses após renunciar à presidência do São Paulo sob denúncias de corrupção, Carlos Miguel Aidar não é mais conselheiro do clube. Na noite de ontem, o ex-presidente recebeu pena máxima em reunião do conselho deliberativo e foi expulso do quadro de conselheiros do clube.

Na mesma sessão, o conselho também decidiu pela expulsão de Ataíde Gil Guerreiro, ex-presidente de futebol e atual diretor de relações institucionais do São Paulo. Ele foi denunciado pela tentativa de agressão a Aidar em 5 de outubro de 2015, pouco antes da renúncia. No parecer, o comitê de ética disse que o que Ataíde fez contra Aidar é "tentativa de homicídio".

Leia mais

 

Programação de TV

Horários dedicados à exibição de filmes na grade da Globo sofrerão alteração durante as duas semanas de Olimpíadas do Rio. Deixarão de ir ao ar por causa das competições a Sessão da Tarde, de segunda a sexta, Tela Quente, nas noites de segunda, e Temperatura Máxima, aos domingos à tarde.

A novela Malhação também ficará fora da programação vespertina da emissora durante o evento esportivo.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos